Suspeito de estuprar bebê de 4 meses diz que não lembra de nada, afirma delegado

Homem foi preso na sexta-feira (23) e ouvido pela polícia neste sábado (24). Vítima é uma menina e segue internada em hospital, onde se recupera de duas cirurgias.

Rairone foi preso na sexta-feira (23) (Foto: SSP/ Divulgação)
Rairone foi preso na sexta-feira (23) (Foto: SSP/ Divulgação)

O homem suspeito de raptar e estuprar um bebê de 4 meses na cidade de Belmonte, no sul da Bahia, disse, em depoimento à polícia, que não se lembra do que aconteceu. A informação foi passada neste sábado (24), pelo delegado Moisés Damasceno, coordenador da Polícia Civil na região.

Conforme o delegado, Rairone Moura dos Santos, mais conhecido como Eron, 47 anos, não confessou o crime e declarou que tinha um relacionamento com a mãe da criança abusada. “Ele [suspeito] disse que estava bebendo com a mãe da criança e que acordou na casa dele, tomou ciência do fato por outras pessoas”, detalhou Damasceno.

A mãe do bebê foi ouvida nesta semana e declarou que não tinha nenhuma relação com o suspeito, mas que já tinha sido abusada por ele duas vezes. O delegado afirmou que ela deve ser ouvida novamente.

Rairone tem uma companheira, que mora na cidade de Canavieiras, também no sul do estado, e está grávida. Ele segue preso na Delegacia de Eunápolis. Na segunda-feira (26) ele vai passar por audiência de custódia, onde será decidido se o suspeito segue para o sistema carcerário ou responde ao crime em liberdade.

O bebê, que é uma menina, permanece internado no Hospital Regional de Eunápolis, onde se recupera de duas cirurgias.

Matéria relacionada

Vídeo: homem que estuprou bebê de quatro meses é capturado por populares em Belmonte

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui