Sob forte comoção, Teixeira se despede de “Lula da civil”

Sob forte comoção, Teixeira se despede de “Lula da civil”. Foto Sulbahianews

O corpo de Lula foi velado na Loja Maçônica Profeta Issa no bairro Monte Castelo, nesta sexta-feira, 7 de setembro, e o sepultamento foi às 17h, no Cemitério Reviver Park, sob forte comoção de familiares e amigos, dentre eles, delegados, agentes e políticos. Como homenagem, policiais carregaram o caixão até o local do sepultamento.

O policial civil e ex-presidente da Câmara de Vereadores de Teixeira de Freitas, Luiz Henrique Ressurreição, o ‘Lula da Civil’, morreu na tarde de quinta-feira, 6 de setembro. Oficialmente, ainda não se sabe a causa da morte, mas, dada a maneira como tudo ocorreu, a suspeita é de infarto fulminante.

Em 2011, foi eleito prefeito no município, por conta da cassação do prefeito, na época, o falecido padre Aparecido Stuart. Com o fim do mandato, Lula assumiu a Secretaria de Agricultura e depois a de Segurança com Cidadania, na gestão do João Bosco Bittencourt. Também foi presidente na diretoria do Clube Jacarandá e, nas últimas eleições, apoio a chapa vitoriosa.

Atualmente o policial, lotado na 8ª Coorpin, gozava de licença prêmio e estava prestes a aposentar-se. No início da tarde, ele teria passado mal, no entanto, apesar de ter sido socorrido rapidamente ao Hospital Sobrasa de Teixeira de Freitas, acabou não resistindo e falecendo.

Um site local afirma que segundo informações de amigos de Luiz Henrique, que também já tinha sido o coordenador regional do Sindicato dos Policiais Civis (Sindipoc), ele tinha feito uma série de exames recentemente, quando os médicos recomendaram que fizesse exercício físico e tivesse uma alimentação saudável, já que o seu coração demonstrara funcionamento instável.

Com informações: TN e Sulbahianews

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui