Itamaraju: Prefeito volta atrás e não aceita instalação dos 20 leitos de UTI

Governador da Bahia, Rui Costa. Foto: SecomBA

Em live feita numa rede social na quinta-feira, 09 de abril, o governador da Bahia, Rui Costa, falou do desejo de transformar o Hospital Municipal de Itamaraju (HMI) em unidade de referência para o atendimento de casos de covid-19 oriundos do município e de Teixeira de Freitas.

Entenda:

“Falei com o prefeito se a gente tem condições de remanejar os pacientes que estão lá para outro hospital para transformar a unidade em 100% [de tratamento para] coronavírus e disponibilizar ali cerca de 20 leitos de UTI para atender Itamaraju e Teixeira de Freitas, já que, nesta etapa, não queremos misturar os dois hospitais”, informou Rui Costa.

Entretanto, o assunto tem gerado polêmica em Itamaraju. A equipe técnica da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) foi recebida ontem (10/04) com aspereza por algumas pessoas que estavam em frente a unidade hospitalar. Em redes sociais, o assunto também é muito comentado e divide opiniões.

No Facebook, chamou atenção uma postagem feita pelo prefeito da cidade, dr. Marcelo Argênica, na qual ele diz ser contra a posição do governador: “(…) tenho três anos de gestão e nunca o governo nos atendeu em nada”, justificou sua posição o gestor, que, ainda, pediu calma para a população, afirmando que tudo iria se resolver.

No post, que já tem mais de 100 comentários e 209 compartilhamentos, itamarajuenses não entram em consenso. Um grupo apoia, outro, não, inclusive, relembra o caso da UPA 24h, prédio pronto, que o prefeito não inaugurou alegando que o município não tinha condições de custear o funcionamento. Pessoas sugerem inaugurar agora e utilizar no atendimento à covid-19.

Aumentando a polêmica, mais tarde, o secretário de Saúde do Estado, dr. Fábio Villas-Boas, comentou na matéria do jornal OSollo sobre o assunto, mesmo texto que publicou em sua página oficial no Facebook. Conforme o secretário “o prefeito de Itamaraju, dr. Marcelo, em 9 abril, combinou com o governador de implantar 20 leitos de UTI para covid-19. Eu participei da reunião por telefone. Tudo alinhado para montar leitos COVID no hospital municipal”.

Dr. Fábio Villas-Boas prosseguiu seu comentário, citando, possivelmente, os quatro leitos na unidade semi-intensiva que a Prefeitura de Itamaraju inaugurou neste sábado (11): “O prefeito inclusive disse que já estava montando alguns leitos por conta própria. Mandei funcionários da SESAB de avião hoje [sexta, 10] e, com ajuda da Suzano, seriam montados 20 leitos de UTI para COVID em Itamaraju e colocado um aparelho de tomografia computadorizada. Jamais teria enviado equipe em plena Sexta-Feira Santa se o prefeito não estivesse de acordo. Inclusive o prefeito mandou carro para pegar a equipe em Prado. Agora, se o prefeito não consegue sustentar a palavra dele por 24h, vamos encontrar outra solução para o povo da região”.

O governador Rui Costa ainda não se pronunciou sobre o assunto.

OAB de Itamaraju se posiciona sobre o assunto

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção Itamaraju emitiu nota sobre o assunto. Segundo o documento, tendo em vista que a cidade possui apenas um único hospital, transformá-lo em uso exclusivo para tratar pacientes de covid-19 “pode trazer para a população grandes transtornos ao precisar de atendimento médico por outras patologias, principalmente em casos de urgência e emergência, esta entidade entende que a implantação do centro de referência no município coloca a população em situação de vulnerabilidade, tirando dos moradores da cidade de Itamaraju direitos fundamentais”.

Leia nota na íntegra:

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui