24ª Ciretran mudará para sede no Loteamento Nanuque em 45 dias

Coordenadora da 24ª Ciretran, Tatiane Ruas. Fotos Wesley Morau/OSollo

Em outubro, durante a Banca Especial do Detran em Teixeira de Freitas, o diretor do Centro de Apoio das Descentralizadas (CAAD), João Xavier, anunciou a mudança de endereço da sede da 24ª Ciretran.  E, na tarde de segunda-feira (5/12), Tatiane Ruas, coordenadora da 24ª Circunscrição de Trânsito (Ciretran) de Teixeira de Freitas, confirmou o anúncio: em 45 dias a 24ª  Ciretran mudará para as instalações no Loteamento Nanuque.

A nova estrutura, embora pertencente ao Loteamento e que será alugada à Ciretran, foi planejada para receber o órgão. Tem 520 m² de área construída em um terreno de 4.500m², e tudo está pronto para atender à população teixeirense e de municípios vizinhos.  As instalações contam com almoxarifado, vários banheiros sociais, copa, área de vistoria e pátio isolados, dando maior mobilidade e comodidade ao usuário.

Faxada da nova sede da Ciretran

Atualmente, a 24ª Ciretran funciona em espaço também alugado, mas que não oferece condições adequadas de funcionamento, sem conforto para funcionários e usuários. Dentre as queixas, está uma infraestrutura física defasada e se deteriorando, e, sob o ponto de vista tecnológico, aparelhagem antiga e fiação exposta em algumas salas.  O local também inviabiliza a oferta de serviços como vistoria de veículos e exames práticos de direção. O estacionamento, pequeno para o número de usuários, é uma reclamação constante das pessoas dos dez municípios cobertos pelo órgão.

Não há mais condições de trabalho na sede atual

Segundo Tatiane, “45 dias é o nosso prazo. Parte documental toda feita. Contrato já assinado, só uma questão de logística. Vamos para o Loteamento Nanuque, espaço construído baseado na engenharia do Detran para atendimento ao público”. E completa: “aqui não tem condições de atendimento e de trabalho. Há denúncias do Ministério Público, Ministério do Trabalho, por conta a insalubridade”.

Quanto os mais de 1.100 veículos, Tatiane garante que essa semana ainda estará recebendo a visita de um representante do pátio terceirizado, que irá avaliar a situação para, então, começar a transferência dos veículos – apreendidos pelas Polícias Militar, Civil, Rodoviária dos 11 municípios abrangidos pela Ciretran.

Aproveitando a oportunidade, Tatiane Ruas esclarece que a Ciretran não tem recesso de final de ano, assim, fecha apenas nos feriados.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui