Zezéu Ribeiro

Mais um que a magra nos leva e, como diria Boldrin, viajou fora do combinado. Trata-se de Zezéu Ribeiro, exemplo de político e de homem, cidadão de bem desse país tão precisado de cidadãos assim.

Saudades.

Não é a mamãe

O juiz Flávio Roberto de Souza foi flagrado dirigindo o Porshe de Eike Batista, carro que estava listado entre os bens confiscados do empresário. O juiz não podia fazer isso, mas fez e se encheu de razão nas explicações que deu. Os jornais, principalmente o Extra, repercutiram a vergonha.

Será que o Brasil tem jeito?

A Guantánamo de Moro

Para o juiz Moro, todo o rigor é possível com o pessoal das empreiteiras do caso Petrobras, desde que esse pessoal não seja dono. Os diretores que foram presos estão em celas sem privacidade (os sanitários são expostos e os presos fazem suas necessidades à vista dos outros), calor incrível e outros males.

Os donos das empreiteiras estão soltos.

Estratégia e marketing

Li isso em um letreiro de uma determinada empresa de comunicação, em uma das suas salas: ESTRATÉGIA E MARKETING

Os sonhos são possíveis, pelo menos antes de se tornarem pesadelos.

Socorro, Dr. Élcio Morais…

Leandro Damião é o atual artilheiro do Cruzeiro.

Estou quase acreditando em duendes e gnomos.

Petrobras, Petrobrax

Ninguém, em sã consciência, deseja menos que a mais rigorosa apuração do escândalo da Petrobras, bem como não dá nem para discutir que deve haver uma severa punição para os culpados pelas desonestidades ali cometidas. Isto posto, há um outro lado: porque as grandes redes de notícias atacam muito mais a Petrobrás do os bandidos? A empresa não deve ser preservada, já que continua produzindo, com mais de 3000 funcionários que trabalham duro? Não é a Petrobras a empresa maior do Brasil? Que os culpados pelos crimes cometidos lá sejam investigados e punidos, mas que a empresa seja preservada.

É uma questão de justiça.

Elisney e Álvaro

Como veicula esse bravo O Sollo, Porto Seguro exige júri popular para os criminosos do crime contra os dois professores.

Quando será?

Geo Lopes

27 de fevereiro de 2015: há um ano, exatamente, era abatido a tiros o jornalista Jeolino Lopes Xavier. O crime se deu no centro de Teixeira de Freitas, uma área fortemente policiada, às vésperas do carnaval de 2014. O crime está impune e existe uma tentativa subjacente de transformar a vítima em réu.

Geo Lopes teria morrido em vão?

A impunidade

Tanto no caso dos professores de Porto Seguro quanto no do jornalista Geo Lopes, a impunidade é incentivo ao crime. Nenhum órgão de segurança, seja polícia, seja Ministério Público, seja que órgão for, deu qualquer notícia se ao menos está em curso alguma investigação no caso do jornalista.

A que se deve essa cortina de silêncio?

Segundo Turno

O presidente do Senado, Renan Calheiros, falando sobre a Reforma Política, afirmou que ela pode trazer em seu bojo a votação em segundo turno para prefeituras de cidades com mais de cem mil habitantes. Ora, com tanta coisa para se fazer, com tantos problemas para se resolver, será que essa reforma política vem para trazer mais despesas ao país em uma ação que nada representa de útil?

Como dizia Vó Augusta: o desocupado faz a colher de pau e borda o cabo.

Fechando com Marx

“A real natureza do homem é a totalidade das relações sociais”.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui