‘Volta ao Lar’ estreia neste sábado na Caravana Teatro Itinerante

‘Volta ao Lar’: estreia neste sábado na Caravana Teatro Itinerante. Foto: Bira Mends

Em função da pandemia do novo coronavírus, os artistas e profissionais de artes e espetáculos estão há quase um ano fora dos palcos. Para fazer a arte girar e levar uma opção de atração cultural a população, o grupo Cultural Art’Mandaia montou o espetáculo “Volta ao Lar”, que é uma adaptação do texto Janelas Abertas de Gianfrancesco Guarnieri com aspectos da realidade e será apresentado neste sábado, 20 de fevereiro, a partir das 18 horas no Canal da Caravana Teatro Itinerante no YouTube. Para acessar clique aqui.

“Foi um processo muito intenso, rápido e com um prazo super apertado. Preparei os atores e tive a honra de mais uma vez trabalhar com Roberto Salles, que assina a direção comigo, foi um aprendizado e tanto, pois ele é um grande profissional. Tudo muito novo, fazer teatro virtual é muito complexo”, afirma o Diretor Artístico do Art’Mandaia Lúcio Lima.

O espetáculo foi o único selecionado para representar Salvador na Caravana Teatro Itinerante que acontece entre 19 e 21 de fevereiro e que reúne diversos grupos da Bahia e de Sergipe, com apresentações através das redes sociais em função da covid-19.

Foto: Bira Mends

“O principal objetivo do espetáculo é dar novas possibilidades de atuação aos jovens atores oriundos de Saramandaia e Pernambués e apresentar a arte mesmo de maneira remota como válvula de escape para seguirmos adiante apesar de todos os problemas da vida”, conclui Lúcio Lima.

Ambientada em uma comunidade periférica, a peça apresenta a força de mulheres líderes das suas famílias, que apesar de muito sofrimento, mantém viva a esperança de dias melhores.

A trama se baseia na história de Juliana, uma jovem mãe, que mora em uma pequena casa em companhia de seu filho recém nascido. Ela conta com a parceria de Lúcia, que perdeu o marido, morto por traficantes. Por causa da pandemia, Juliana perdeu o emprego e depende do auxílio emergencial para se manter, já que seu companheiro Romário, soldado do exército, não pode voltar para casa por estar jurado de morte, por ter participado de uma operação no morro onde vivem. Desafiando o perigo e os olhares da vizinhança, Romário visita a amada e conhece o filho, prometendo levá-los embora dali.

Ao longo dos dezesseis minutos do espetáculo, o público poderá conferir o dia a dia dos moradores de comunidades periféricas do Brasil com uma pitada de dicas de combate ao novo coronavírus.

Foto: Bira Mends

Sobre a Caravana de Teatro

O evento, nasceu na cidade de Bonito na Chapada Diamantina, conta com a apresentações de artes autorais idealizadas por centenas de artistas e apreciadas por mais de 20 mil espectadores. Além das peças teatrais gratuitas que já rodaram 20 cidades; poesia, dança, música e oficinas compõem a programação do evento realizado por artistas da Chapada Diamantina, da capital baiana e do estado de Sergipe.

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui