Vídeo: homem pedala mais de 1.000 km entre São Paulo e Itanhém

Foto: MedeirosDiaDia

O relato a seguir é mais um exemplo de superação, com muita emoção e contentamento. O personagem dessa narrativa realizou um feito único e inspira a todos nós a perseguimos nossas metas.

Natalino Francisco, ou Chico, como também é conhecido, tem 54 anos e viveu no estado de São Paulo por 25 anos. Ele sempre teve a bicicleta como sua paixão. Natural de Ibirajá, distrito de Itanhém, ele finalmente teve a oportunidade de voltar para sua terra após ter feito uma promessa e pedido a Deus que lhe concedesse poder voltar para a localidade pedalando.

Em entrevista, o ‘cicloviajante’, como ele mesmo se definiu, contou que saiu de Guarulhos (SP) no dia 14 de novembro, chegando a Medeiros Neto no último sábado, dia 13 de julho – foram oito meses de viagem até o Extremo Sul.

“A maior aventura que já fiz”

A viagem, segundo Chico, não teve um roteiro ou cronograma, mas ocorreu de forma natural. Pela estrada, muitas amizades construídas. Foram muitas cidades percorridas, somando mais de 1000 quilômetros.

Foram mais de 1.000 quilômetros de estrada

Também foi um caminho de muitos perigos, que ele conduziu com sua experiência de outras viagens consideráveis já realizadas. Muito cuidado foi a chave de ter chegado em segurança. “O perigo está onde está o homem. Você tem que ser prudente. Eu trafeguei à noite, inclusive de Serra dos Aimorés para cá, em Medeiros Neto”, relatou.

O reencontro

De Medeiros Neto, ele seguiu ao seu destino, Ibirajá. Lá, ele pôde rever familiares e amigos e disse que não volta mais para o São Paulo. Na sua chegada, fogos de artifício celebraram a receptividade dos conterrâneos e o calor do abraço daqueles que há muito tempo não via.

Alegre, ele finalizou o bate-papo dizendo que não tem esposa ou filhos e está à procura. Para ele, a mulher conquistada também tem que ser uma amante da bicicleta, sua maior companheira.

Fonte: MedeirosDiaDia

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui