Vida plena

“O ladrão vem apenas para furtar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente.” (João 10.10)

Viver pode ser comparado a dirigir sob intensa neblina ou chuva. Nessas condições devemos dirigir pela fé, que nada tem a ver com dirigir às cegas. Ao contrário, significa dirigir atento e crendo nos sinais da estrada, nas faixas e nas placas. É assumir uma atitude de submissão e obediência, porque crer é levar a sério, é dar crédito. “Acenda os faróis sob neblina”, “Mantenha-se à direita”, “Não ultrapasse”, “Curva perigosa à esquerda”, “Velocidade limite 80 km”. Por não submeter-se e obedecer, crendo nos sinais, é que muitos perdem a vida nas estradas. Mas não apenas nas estradas.

Jesus veio para que nossa vida seja vida de verdade, vida plena e abundante. Ele é o autor da vida e sabe como é perigosa a ação do ladrão, que furta, mata e destrói; o pai do engano e da ilusão. É um ilusionista que faz todo o mal nos faz acreditar que trata-se do bem. Como numa estrada tomada pela neblina, precisamos viver pela fé, pois podemos facilmente ser enganados, tornando-nos presas fáceis do ladrão. A vida pela fé envolve dois aspectos: confiar em que Jesus é e obedecer o que Ele disse. A confiança faz de Cristo nosso Salvador, a obediência faz dele nosso Senhor. E ele somente será nosso Salvador e também for o nosso Senhor.

Viver pela fé é viver em paz, confiando no perdão que Jesus conquistou para nós na cruz. É crer no amor de Deus, mesmo em momentos em que tudo fica difícil e Ele não atende nossa oração. É crer na eternidade, vivendo como quem sabe que vai morrer e que isso não é o fim de tudo. É também procurar conhecer o que Jesus ensinou e colocar todo o esforço na obediência aos seus mandamentos. Viver pela fé muda tudo, porque muda quem somos, pois não viveremos mais apenas confiando em nossos sentidos, mas crendo nas verdades e na presença de Deus. A vida plena é fruto de uma vida de fé. Jesus nos convida a ela. Ele é a nossa vida e entramos nela quando cremos nele. Você crê?

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui