Vera Cruz recebe Mutirão Itinerante da Cidadania

Um Mutirão Itinerante da Cidadania, realizado no distrito de Vera Cruz, nesta sexta-feira, 14, levou serviços e benefícios para a comunidade. Durante o mutirão, a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social de Porto Seguro disponibilizou serviços como assessoria jurídica por meio do Balcão da Justiça e Cidadania, em parceria com a OAB; cadastramentos para o Programa Bolsa Família; emissão da 2ª via da Carteira de Identidade, além de palestras sobre os programas sociais.

Para completar a festa, crianças e adultos puderam cortar os cabelos gratuitamente e se divertir com as brincadeiras promovidas pelos palhaços. Quem ficou satisfeita foi a aposentada, dona Francina Maria, 74 anos, que aproveitou para tirar a 2ª via de sua Carteira de Identidade, feita em 1987. “Facilitou pra mim, pois estou economizando dinheiro e tempo, podendo dar uma atualizada na foto já gasta pelo tempo”, frisa.

Darlane Miranda, mãe de três filhos e grávida do quarto, já no oitavo mês, aproveitou para cortar os cabelos dos filhos. “Os meninos vão sair com visual novo e eu, poupando o dinheiro do corte, já que aqui estão fazendo de graça”. Já os meninos, contam que o que mais gostaram no mutirão foi da apresentação circense. “Os palhaços são muito engraçados e brincalhões”, diz o caçula, Wesley, dando boas risadas.

A apresentação teatral foi feita pelo grupo Trupe Brasil, que com mensagens educativas sobre direitos e deveres do cidadão, fez a garotada cair na gargalhada. Apresentação de malabares foi mais um atrativo que chamou a atenção das cerca de 100 crianças que passaram pelo evento, durante todo o dia, no Cras local.

Esse é o primeiro mutirão realizado pela Secretaria, que estenderá a proposta para outras regiões. O próximo, como conta a superintendente de Desenvolvimento Social, Dary Freitas, será no mês de junho, em Trancoso. “Como o projeto piloto deu certo, vamos expandir as ações para vários distritos e bairros, visando levar ao conhecimento de todos moradores do município, os direitos e benefícios oferecidos pela Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social”, explica.

Cerca de mil pessoas, moradores do distrito e da zona rural, próxima ao local, foram atendidas pela equipe de 50 pessoas, entre servidores e voluntários, envolvido nesse projeto piloto.









Fonte: Verônica Menezes

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui