UM ABRAÇO VIRTUAL…

Refletindo sobre a generosidade, penso nas vezes em que cometemos o erro do egoísmo. Quantas vezes olhamos apenas para nossas vontades, nossas dores e nossos talentos. Quantas vezes esquecemos-nos de estender olhos generosos ao outro; quantas vezes, ávidos por reconhecimento queremos o elogio, mas não lembramos de elogiar. Quantas vezes focamos nas nossas preocupações e dores e desviamos os olhos das dores alheias que, maioria das vezes, são bem maiores que as nossas. Não me excluo desse erro e procuro fazer sempre a minha “meia culpa”, pois reconheço que somos seres extremamente egocêntricos na maior parte do tempo, mas capazes de mudar para estradas mais amplas onde cabem múltiplos sentimentos e entre eles o da generosidade de conceder ao outro um olhar mais amigo.
Pense nisso!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui