UESB: estudante que falsificou declaração de descendência de quilombola tem matrícula suspensa

alt

O Diário Oficial do Estado publicou, no dia 10 de junho, o Termo de Julgamento e a Portaria 0977/016, que determinam a suspensão da matrícula da estudante de Medicina. Maiara Aparecida Oliveira Freire na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), campus de Vitória da Conquista. A suspensão de matrícula aconteceu depois que houve a comprovação de que Maiara falsificou documentos para a seleção por meio de cotas destinadas a descendentes de quilombolas. Outros casos que podem ter acontecido estão sob investigação e a Universidade promete o maior rigor em suspender as matrículas desses estudantes.

Fonte: Da Redação

Foto: Blog do Anderson

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui