Turista é presa em Alcobaça por molestar seus filhos de 4 e 5 anos

Turista é presa em Alcobaça por molestar seus filhos de 4 e 5 anos. Foto Liberdade news

Uma turista do estado de Minas Gerais foi presa por molestar sexualmente seus filhos menores de 5 anos, publicamente em Pousada na cidade de Alcobaça, no final da tarde deste domingo, 10 de março. Segundo funcionários da Pousada, onde a acusada estava hospedada, ela foi vista por outros clientes e funcionários alisando o órgão genital do filho de 5 anos. Trata-se de Elisângela de Fátima Santos, 38 anos, oriunda de Belo Horizonte/MG.

A acusada que estava hospedada com seus dois filhos menores, um menino de 5 anos, e uma menina de 4 anos, e seu companheiro (padrasto das crianças), foi advertida pelos funcionários da pousada pelo ato que ela estava fazendo com o seu filho. Em seguida ela foi para a piscina com a filha de 4 anos, e começou a forçar a criança a beijar a sua boca. A menina passou à beija-la, como se fosse duas pessoas adultas, fato que chocou os presentes.

O ato foi registrado em vídeo pelos funcionários da pousada, que ficaram estarrecidos com atitude da mãe, e acionaram a Polícia Militar. Uma guarnição do PETO compareceu no local e diante dos fatos chamaram o Conselho Tutelar, para acompanhar as crianças na delegacia. Os PMs conduziram acusada (Elisângela) para a sede da 8ª Coorpin, em Teixeira de Freitas, sendo acompanhados por Conselheiros Tutelares.

Os conselheiros assumiram a responsabilidade das crianças, e convidou o companheiro da acusada a acompanhá-los. O caso foi apresentado ao delegado do plantão regional, Marco Antônio Neves, que após as oitivas, e com a prova em vídeo do ato explícito, flagranteou Elisângela por Estupro de Vulnerável, sendo ela encaminhada para carceragem da 8ª Coorpin, onde se encontra à disposição da Justiça.

As crianças ficaram sob os cuidados do Conselho Tutelar, que fará contato com os familiares para passarem a guarda dos menores. O inquérito será remetido para o delegado titular do referido município, Maderson Souza, que o encaminhará para o Poder Judiciário.

Fonte: Liberdadenews

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui