Tudo pronto para a 4º edição do GlaucomaDay em Itabuna

alt

Com um corpo clinico formado por 20 médicos oftalmologistas e uma equipe técnica de 90 colaboradores altamente qualificados para a excelência do desenvolvimento de um atendimento humanizado, o DayHORC- Hospital de Olhos Ruy Cunha realiza amanhã (4) das 8h as 14h, o projeto GlaucomaDay. A Campanha que entra no seu 4º ano tem objetivo de prevenir e esclarecer a comunidade sobre a importância de um diagnóstico precoce da doença. Os atendimentos gratuitos ocorrerão no Hospital DayHORC localizado na Rua Ruffo Galvão, 274, Centro das 8h às 14h.

Este ano a proposta do hospital é realizar mais de 3 mil atendimentos, para isso o médico oftalmologista Rogério Vidal explica que o numero expressivo de atendimentos durante o mutirão não requer espera demorada por parte dos pacientes. “O fluxo é grande, mas a nossa equipe de trabalho está capacitada para trazer agilidade ao atendimento. Iniciaremos às 8 horas da manhã e iremos até às 14 horas. O paciente chega a unidade passa pela triagem e em seguida será direcionado para os procedimento sequentes. Tudo é muito ágil e será realizado em poucos minutos”, garantiu o médico.

O glaucoma trata-se de um aumento na pressão intraocular e, por ser indolor e silenciosa, é a maior causa de cegueira evitável no mundo, sendo descoberta somente em exames de rotina. ‘Na maioria dos casos, a doença é assintomática no seu início sendo mais frequente em pacientes com idade acima de 40 anos, portadores de diabetes, com glaucoma no histórico familiar, míopes, com lentes acima de seis graus, afrodescendentes (a probabilidade de ser afetada é quatro vezes maior em relação aos brancos) e que já sofreram trauma ocular, ou doenças intraoculares”, conscientizou Rogério Vidal.

É importante que o adulto, principalmente maior de 40 anos, faça regularmente a consulta com um oftalmologista já que somente o médico pode diagnosticar doenças como o glaucoma.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui