TSE: 22 brasileiros acompanharam a contagem dos votos em tempo real

Candidato Aécio Neves começou na frente, mas às 19h32, foi ultrapassado por Dilma Rousseff, que se manteve na liderança até o fim

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A eleição presidencial mais acirrada desde o retorno à democracia no Brasil teve também a apuração mais rápida da história brasileira. A totalização dos votos foi concluída às 2h17 da segunda-feira, mas às 20h27 de domingo já havia sido confirmada a vitória da presidenta Dilma Rousseff. Com o horário de verão, foi preciso aguardar que a votação se encerrasse em todos os estados, o que só aconteceu às 20h, horário de Brasília, para que a apuração passasse a ser transmitida em tempo real pela internet. Menos de meia hora depois, o país sabia o resultado.

Para garantir o sigilo das informações durante o período, os técnicos de informática do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foram os únicos brasileiros que acompanharam a apuração até que o resultado ficasse público. Eles ficaram isolados em uma sala do tribunal e tiveram de desligar os telefones celulares, que ficaram sobre uma mesa próxima à do chefe da Seção de Processamento de Eleições do tribunal, Júlio Valente.

Só as 22 pessoas que estava dentro da sala acompanharam o momento em que a apuração deu uma virada: o candidato Aécio Neves começou na frente, mas às 19h32, foi ultrapassado por Dilma Rousseff, que se manteve na liderança até o fim. Na sala de processamento, nada de torcida. “Nós acompanhamos a virada. Ela de fato ocorreu a partir do recebimento dos votos do segundo fuso, mas não houve grandes exaltações por parte da equipe”, disse Julio Valente, chefe da Seção de Processamento de Eleições. “O pessoal é muito profissional e todos ficaram acompanhando o resultado”.

 

 

 

Fonte: Agência Brasil

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui