Transporte público de Eunápolis reduz 70% dos ônibus na cidade

Empresa responsável pelo transporte público coletivo alega falta de diálogo com o município e inoperância dos órgãos responsáveis na fiscalização do transporte clandestino

Transporte público de Eunápolis reduz 70% dos ônibus na cidade. Fotos: Divulgação OSollo

A partir desta segunda-feira, 12 de novembro, apenas 30% (08 unidades) dos ônibus urbanos que circulam em Eunápolis estarão disponíveis para a população da cidade. A redução foi divulgada pela Viação GWG – Empresa Eunapolitana de Transportes, por meio de nota informativa na semana passada.

De acordo com a empresa, a redução acontece por conta da inobservância do poder público municipal em relação aos termos do contrato assinado com a Viação GWG em 2010. Ainda de acordo com a viação, houveram diversas tentativas de diálogo com a prefeitura sobre “reequilíbrio contratual, crescimento do transporte irregular de passageiros feito por táxis e carros particulares, falta de fiscalização dos órgãos responsáveis pelo transporte, bem como, viabilidade para renovação da frota e modernização do sistema de transporte público”.

Segundo o proprietário da empresa de transportes, Adelson Cirilo dos Santos, o retorno de toda a frota de transporte coletivo somente acontecerá quando “o Ministério Público ou o município se manifestarem sobre o transporte público e clandestino”. Ainda segundo o empresário, a redução do transporte público foi protocolada na última quinta-feira (08/11), junto ao Ministério Público, Câmara de Vereadores, Gabinete do prefeito, Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e Instituto Federal da Bahia (IFBA).

O Jornal OSollo entrou em contato com a prefeitura de Eunápolis para esclarecimentos sobre a redução dos ônibus coletivos na cidade. Mas, a assessoria de imprensa do município disse que ainda não foi informada oficialmente sobre o assunto.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui