Trancoso será a única cidade brasileira a receber a Orquestra Sinfônica de Bucareste

A Orquestra Sinfônica de Bucareste é reconhecida por ser um grupo vibrante e alegre no cenário da música erudita. Comandado pelo regente francês Benoît Fromanger, o conjunto romeno volta ao Brasil para apresentações nos dias 3 e 4 de novembro, mas, dessa vez, apenas no Teatro L’Occitane, em Trancoso, no sul da Bahia, às 18h30.

Teatro L’Occitane, em Trancoso, Sul da Bahia. Foto: Nossa Cara.

Essa grande atração será a última da série de concertos 2017 do Mozarteum Brasileiro. É a primeira vez que uma orquestra de renome internacional irá se apresentar na cidade, fora da programação anual do festival Música em Trancoso. Com isso, o Mozarteum cumpre mais uma vez seu objetivo de contribuir para o desenvolvimento cultural e econômico de toda a região.

A soprano Joanna Woś, admirada por sua voz impecavelmente límpida, com entonação forte e alcance excepcionalmente amplo, e o tenor Tadeusz Szlenkier, que tem em sua trajetória apresentações em importantes teatros da Polônia e de outros países europeus, irão se apresentar juntos com a orquestra nas duas noites.

Orquestra Sinfônica de Bucareste. Foto: Erivan Fernandes.

A criação da Orquestra Sinfônica de Bucareste, na Romênia, tem como objetivo levar a música clássica a um público cada vez mais diversificado, atraindo e aproximando pessoas mais jovens. A flexibilidade de gêneros e estilos musicais – do erudito ao pop-rock – foi fundamental para a consolidação do grupo junto ao público-alvo, cativando também a crítica especializada.

Nos concertos em Trancoso, a orquestra executará um repertório composto por peças famosas como “Suíte Quebra-Nozes”, de Pjotr Tschaikowsky, a abertura de “A Força do Destino” de Giuseppe Verdi e árias de conhecidas óperas italianas. O grupo vem ao Brasil com uma formação de 64 músicos.

Para completar a apresentação da Sinfônica, os renomados cantores poloneses Joanna Woś (soprano) e Tadeusz Szlenkier (tenor) interpretarão árias de famosas óperas italianas de Verdi, Puccini, Donizetti e Bellini.

Vencedora do Concurso Internacional de Canto em Bilbao e aclamada pela crítica russa, ao receber diversas vezes o Prêmio Golden Mask, Joanna Woś se destacou em óperas como A Flauta Mágica, Barbeiro de Sevilha eRigoletto, no palco de casas europeias de Londres, Berlim, Roma e Moscou.

Já Tadeusz Szlenkier é graduado como mestre no Programa Ópera da Escola de Música de Yale, nos Estados Unidos. Frequentemente se apresenta em importantes teatros da Polônia e de outros países europeus, e já cantou a Missa de Réquiem, de Giuseppe Verdi, em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. Esteve no programa do festival Música em Trancoso em 2012 e 2013.

O objetivo do Mozarteum contribuir para o desenvolvimento socioeconômico da região, gerando novas fontes de renda; e promover a inserção cultural, com a realização de aulas básicas de música nas escolas públicas e concertos musicais.

Ingressos podem ser adquiridos no escritório do Quadrado do Teatro L’Occitane (73) 9 9937.9739. Mozarteum Brasileiro tel. (11) 3815-6377 www.mozarteum.org.br. Ingresso Rápido www.ingressorapido.com.br

Sem taxa de conveniência

Teatro L’Occitane – Estrada Municipal de Trancoso, km 19, s/n – Trancoso, Porto Seguro – (73) 3668-1487.

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui