Trabalhadores celebram o 1º de maio

A União Geral dos Trabalhadores (UGT) reuniu mais de 20 mil em evento promovido para celebrar o Dia do Trabalhador. No encontro realizado no Campo da Pronaica, em Cajazeiras X, foram discutidas questões como a desigualdade de remunerações, o assédio moral e a redução da jornada de trabalho sem perda salarial. Estavam presentes o prefeito João Henrique, o senador César Borges e o pré-candidato a governador, deputado federal Geddel Vieira Lima. A UGT agrega 920 sindicatos em todo o Brasil, 100 só na Bahia.

Em discurso, o presidente da UGT Bahia Álvaro Rios acusou o atual governo baiano de má administração e interou apoio à candidatura de Geddel. “Eu não entendo porque, no nosso Estado, tanta gente desempregada, tantos analfabetos, tantas crianças sem creches. Nós teremos no próximo governo uma boa forma de administrar este Estado”.

Uma das principais reivindicações da UGT é a redução da jornada de trabalho, sem perda salarial, de 44 horas para 40. “Essa luta, que não é só da UGT, vai gerar novos postos de trabalho e propiciar mão-de-obra mais qualificada. A redução permite que a pessoa tenha tempo para estudar, fazer cursos, se reciclar e ficar mais tempo com sua família. Ou seja, ganha o trabalhador e também o Brasil”, argumentou Rios que pediu para Geddel e César defendessem a causa.

Rios destacou ainda o aumento de ocorrências de assédio moral nas empresas baianas. “Tem sido cada vez mais comum à humilhação e o constrangimento. Temos conhecimento de empresas onde 80 por cento do quadro de funcionários é vítima do assédio moral.

O senador César Borges enfatizou a importância histórica da data e defendeu melhoria salarial para o trabalhador “viver de forma digna”. Ele também frisou a necessidade de se criar novos postos de trabalho e de melhorar as condições gerais de todas as categorias. “O trabalhador precisa de mais segurança, de mais saúde, de uma educação de qualidade“ – salientou o senador.

O evento contou com a Feira de Cidadania, que disponibilizou consulta médica, atendimento jurídico, e promoveu ações de educação para o trânsito. Houve ainda sorteios de televisores, bicicletas, geladeira e de uma moto. O encerramento ficou por conta das bandas Fantasmão, Bob de Lá, Banda de Raiz, Santos Swing e Embaixadores do Céu (as duas últimas de música gospel).

Fonte: Odília Martins

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui