Tonzinho fala sobre situação em que recebeu a Prefeitura de Lajedão

O prefeito Tonzinho. Foto: Reprodução/Facebook

Prestes a completar dois meses em que administra Lajedão, o prefeito Ariston Almeida Passos concedeu uma entrevista exclusiva falando sobre a situação em que assumiu a prefeitura municipal.

Tonzinho, como é popularmente conhecido, foi eleito com 52,27% dos votos válidos nas últimas eleições municipais, ao lado do vice Nilson Manoel Da Silva (Nilsão), com o discurso de ‘resgatar a esperança’ do município de 3.975 pessoas, população estimada pelo IBGE/2020.

Outdoor instalado próximo à Prefeitura de Lajedão. Foto: OSollo

Como grande parte de novos prefeitos pelo país, o cenário em que recebeu a chave da cidade foi de abandono, sucateamento e dificuldades para “arrumar a casa”.

Segundo Tonzinho, durante entrevista, os problemas vão do financeiro ao estrutural, dentro e fora dos prédios da prefeitura. “Infelizmente, pegamos a prefeitura sucateada, com vazamentos, computadores furtados, sem telefone fixo, sem água“, elencou.

Conforme balanço efetuado pela atual gestão, o total da dívida do Município chegou a quase seis milhões de reais (R$ 5.956.244,92). Os débitos se distribuem entre água, luz, telefonia e, principalmente, INSS.

Já foi retido do FPM (Fundo de Participação dos Municípios ), que já é pouco, o valor de quase 400 mil reais em janeiro e fevereiro e, mesmo assim, meses em que honramos com os salários dos nossos servidores apesar das dificuldades. Vamos fazer o parcelamento do INSS. A gente já vem procurando a Receita Federal, dialogando também com a Embasa, a Coelba“, explicou Tonzinho.

E garantiu melhorias: “Vamos contratar as pessoas onde realmente estamos precisando, para sobrar verba e consertamos nosso ginásio de esportes, nossas quadras, escolas, creches. É assim que se faz uma gestão, mesmo que tentaram dificultar“.

Apesar do cenário catastrófico, Tonzinho deixou uma mensagem de otimismo aos lajedãoenses: “Com um orçamento pequeno, mas, com fé em Deus e o apoio de nossos vereadores e moradores, vamos trabalhar juntos, fazer uma boa gestão para valorizar o povo de Lajedão. Só resta pedir paciência e vai dar tudo certo“, finalizou Tonzinho.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui