Tiro de Guerra e Prefeitura de Itamaraju realizam Solenidade de Incorporação de Novos Atiradores

Tiro de Guerra e Prefeitura de Itamaraju realizam Solenidade de Incorporação de Novos Atiradores. Foto: Ascom

A Prefeitura de Itamaraju e o Tiro de Guerra 06.025, realizaram na sexta-feira, 05 de março, a solenidade de incorporação e matrícula dos novos atiradores.

O evento aconteceu no pátio de instrução do Tiro de Guerra 06.025, contando com a presença do prefeito Marcelo Angênica, Asp. PM Tenente José da Paixão, representando a 43ª Companhia de Policia Militar de Itamaraju, secretário de Administração, Léo Oss, Vereadora Josenir Alves, Frei Givaldo dos Santos, Venerável Sidney Rodrigues, secretário de Governo Selmides (Bida), Venerável Joaquim Santana, Sr. José Meirelles – Junta Militar, Patrícia Ferreira representante da Viação Itamaraju, Sr. Fabio Almeida – FUNAI e Vinicius Borges – Defesa Civil.

Foto: Ascom

O Tiro de Guerra 06.025, conta com o novo Chefe de Instrução 1º Sargento EB Jermesson Odely, que realizará a instrução dos novos atiradores no ano de 2021, a instituição militar cumpre um importante papel no município itamarajuense, na formação de jovens empregando valores éticos, morais e sociais, uma instituição amiga da sociedade.

Mediante ao momento de pandemia a solenidade foi restrita, os familiares dos atiradores acompanharam a solenidade através de Live, apenas convidados participaram do evento seguindo os protocolos das organizações de saúde, a instituição passou por adaptações para que as atividades no ano corrente possam ser realizadas com a garantia da manutenção da vida.

Foto: Ascom

A presente solenidade foi iniciada com a abertura dos portões da instituição sendo realizada pelo Atirador Guerra, acompanhada pelo diretor do Tiro de Guerra o prefeito Marcelo Angênica e 1º Sargento EB Jermesson Odely, em seguida os novos atiradores adentraram a instituição militar e ocuparam o lugar no dispositivo.

Em seguida a tropa foi apresentada ao prefeito Marcelo Angênica, através do Atirador da Turma de 1979 Efrain Fiel, em ato simbólico o Diretor do Tiro de Guerra Prefeito Marcelo Angênica, passou as mãos do Atirador Guerra, que é o mais novo da turma outogando-lhe guardião e depositário fiel dos valores de civismo e patriotismo, guardados pela população de Itamaraju.

Foto: Ascom

O Chefe de Instrução 1º Sargento EB Jermesson Odely, fez o uso das palavras ressaltou que o serviço militar deve ser visto como um exercício de garantia dos direitos fundamentais, pois é o Soldado, na sua essência, que nos provê a liberdade de exercer tais benesses, em seguida agradeceu a presença de todos, enfatizando que a instituição está à disposição da sociedade, “O Tiro de Guerra prima pela correção de atitude, guarda a disciplina e hierarquia, respeita as leis, a ética, a moral e os bons costumes, tenham certeza que cada jovem que ingressa nas fileiras desta instituição, voltaram ao leito de seus familiares totalmente transformados, cidadãos dignos de respeito que farão a diferença na sociedade”, encerrou.

O prefeito Marcelo Angênica, no uso da palavras destacou o exemplo do atirador da turma de 1979 Efrain Fiel, que passou pela instituição e hoje exerce função na Guarda Municipal, que mediante a solenidade retornou a instituição sendo notório os valores que a instituição agrega a vida de cada atirador, em seguida colocou-se à disposição na figura de gestor, diretor e amigo do Tiro de Guerra, “esta instituição transpõe a sua função e agrega a nossa sociedade a esperança de dias melhores através da atitude de cada jovem que é instruído, que no futuro frutificarão em exemplos de cidadãos exercendo importantes cargos e funções digno de respeito e honra, finalizou.

Foto: Ascom

Finalizando a solenidade a tropa desfilou em continência ao Chefe de Instrução 1º Sargento EB Jermesson Odely, sendo reverenciada pelos convidados presentes na solenidade.
O Tiro de Guerra tem a nobre missão de formar o Combatente Básico Territorial, preparando reservistas a desempenhar tarefas relativas a defesa territorial, de GLO e de Ações Comunitárias e de Defesa Civil, mas, sobretudo, preparar líderes para a condução da sociedade, tornando-o um polo difusor do civismo, da cidadania, do patriotismo e dos valores militares.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui