Tenente-coronel Anacleto França fala sobre o trânsito de motocicletas em Teixeira de Freitas

Tenente Coronel Anacleto França fala sobre o trânsito de motocicletas em Teixeira de Freitas. Foto: OSollo

Órgãos responsáveis por trânsito de diversas localidades se preocupam com crescimento no número de acidentes envolvendo motociclistas. Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), as causas principais da maioria dos acidentes em rodovias, que envolvem motocicletas, são procedimentos de risco dos próprios condutores, como andar no chamado corredor das vias, alta velocidade e também o consumo de álcool.

Desde o inicio da pandemia da covid-19, o trabalho de delivery, sendo a maioria realizadas por motocicletas, está aumentando em diversos municípios. E esse fato contribuiu para que acidentes por imprudência de velocidade e outros tipos, também crescessem junto.

Como uma forma de conscientização, a equipe d’Sollo esteve com o tenente-coronel Anacleto França, comandante da 87ª Companhia Independente de Polícia Militar (87ª CIPM), buscando mais informações sobre esses dados na cidade de Teixeira de Freitas.

Para Anacleto França, sendo o dia 27 de julho o Dia Internacional do Motociclista, ainda é necessário expor comentários sobre a conduta do motociclista no trânsito de Teixeira de Freitas. “Não poderíamos deixar de falar, sobre uma questão que nos aflige muito, que é a conduta de muitos motociclistas na cidade de Teixeira de Freitas, especialmente as pessoas que estão relacionadas a entrega de algum tipo de encomenda, incluindo mototaxistas, e também, pessoas que utilizam da motocicleta para realizar manobras arriscadas e bruscas, gerando uma quantidade expressiva de acidentes de trânsitos.”

87ª Companhia Independente de Polícia Militar, em Teixeira de Freitas. Foto: OSollo

Ainda, segundo o tenente-coronel, em Teixeira de Freitas, foi registrado neste ano de 2021, de uma forma geral, 168 acidentes de trânsitos registrados pela Polícia Militar, pessoas que deram entrada na unidade hospitalar.

Anacleto França explica sobre o deslocamento e organização de guarnições para as ocorrências de acidentes na cidade de Teixeira de Freitas: “Os registros dos acidentes de trânsito com vítima, é um registro demorado, requer a condição do autor ir para a delegacia, acionamento de perícia, Samu, a confecção do boletim de ocorrência. Há uma complexidade que demanda tempo. Nós tem um número de 2h, considerado um número altíssimo de horas, destinado a um problema que é muito vinculado a educação, o trânsito é sobretudo educação”, disse o tenente-coronel.

“A Polícia Militar, infelizmente, tem destinado seu esforço para coibir motociclistas que invadem sinais vermelhos, que trafegam pela contramão, que ultrapassam pela direita, com o objetivo apenas de evitar um acidente, quando nós deveríamos estar destinando o nosso tempo para a prevenção do crime e para a prisão de criminosos”, acrescentou.

Anacleto França ressalta a importância da conscientização daqueles que utilizam suas motocicletas na locomoção para a diminuição dos números de acidentes, tornando o trânsito um lugar mais organizado e seguro tanto para estes bem como para outros motoristas e também os pedestres.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui