Temos Deus, nosso refúgio

“Senhor, tu és o nosso refúgio, sempre, de geração em geração. Antes de nascerem os montes e de criares a terra e o mundo, de eternidade a eternidade tu és Deus.” (Salmos 90.1-2)

Este mundo é um lugar impressionante. A natureza e os seres vivos, apesar de toda degradação que sofrem pela irresponsabilidade humana, formam um ecossistema de tirar o fôlego. Um pouco de contato que seja com a natureza, causa impacto benéfico em nossa mente e emoções. A vida tem belezas. É triste, muito triste quando o coração humano vai sendo dominado pelo abatimento e desesperança pois deixamos de ver a beleza do mundo e da vida e vemos somente a feiúra. De certa forma, não vemos a vida com os olhos. A vemos com o coração. E quando o coração dói a vida perde as cores. Entretanto, ainda assim esse mundo nos afeta tanto que é indicado uma manhã de sol, um passeio ao ar livre, como terapias para o coração.

A fé cristã tem tudo a ver com isso. Ela nos fala que toda essa beleza, essa adequação e compatibilidade nossa com o mundo criado, foi ideia de Deus. “Toda natureza me fala do meu Deus” disse o poeta. Ele criou este mundo para nossa alegria e bem estar. Ele nos criou para vivemos neste mundo. Deveríamos estar seguros e felizes aqui. Mas o pecado complicou tudo. E o pecado não é algo a parte de nós, não é um terceiro que se intromete. O pecado que complicou e complica tudo é o pecado que praticamos, que nos habita e se materializa em nossas atitudes. E assim, em última análise, nós complicamos tudo.

Mas a fé cristã nos comunica que há algo mais. O Deus que nos criou, nos amou e decidiu continuar sua relação conosco. Neste salmo ele é reconhecido como o nosso refúgio. Refúgio diante de que? Da vida! Diante de sua insegurança, instabilidade, brevidade. Diante de coisas maiores e mais poderosas que nós. Que podem destruir nossos sonhos, roubar nossa alegria, ferir nosso coração. Deus é o nosso refúgio para que a vida não perca a graça. É nosso refúgio também para que não fiquemos à mercê dos males que nos habitam e se manifestam, tornando-nos um perigo para nosso próximo. Deus se fez nosso refúgio. Tem sido assim. Sabemos disso porque pessoas antes de nós experimentaram isso e testemunharam. O salmista nos dá esse quadro: de geração em geração, o Deus que é, antes que qualquer coisa viesse a ser, tem sido refugio para o ser humano.

Você tem se refugiado em Deus? Se tem, creio que está conseguindo seguir em frente quando é difícil seguir em frente. Creio também que tem, paulatinamente, superado o egoísmo e tem desenvolvido compaixão. Se Deus tem sido seu refúgio, o sofrimento do outro não é sem importância para você. E creio que tem escolhido olhar para frente e ter esperança, pois sabe que não está só. Você jamais estará só, se confiar no Deus que é refúgio.

Creia no testemunho do salmista e passe o seu à próxima geração. Mas, cuidado: não basta dizer isso. Sua vida precisa revelar que tem se refugiado em Deus. Sua vida deve ter sons, palavras, gestos, um certo perfume da presença de Deus. Não é possível refugiar-se em Deus e não ser mudado por Deus. Não é possível refugiar-se em Deus e não tornar-se refúgio para aqueles que precisam de amor, graça, compaixão e misericórdia.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui