Teixeira: Resultados práticos são obtidos em debate sobre segurança pública

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O cidadão de Teixeira de Freitas recebeu boas notícias na audiência pública promovida pelo governo municipal, através de sua Secretaria de Segurança com Cidadania, na quinta-feira (7) sobre o projeto de lei que reorganiza a Polícia Militar no estado e discute a Segurança Pública. A discussão contou com a presença da comunidade e de diversas autoridades, dentre elas, a de representante do comando geral que anunciou a ampliação da presença do efetivo de policiais militares na cidade, resultando em uma operação extraordinária, a 1ª a ser realizada em Teixeira de Freitas, com foco principal no comércio.

O governo municipal defendeu a permanência do Batalhão e aumento do efetivo. A audiência teve como pontos centrais a destinação de uma batalhão-escola e uma companhia independente para o município, conforme o texto do projeto de lei, e a reivindicação de outras unidades devido a importância/necessidade da cidade e região. Depois de apresentados os argumentos, o público teve oportunidade de fazer perguntas às autoridades, algumas delas voltadas a questões pontuais sobre o policiamento local. A Audiência contou com personalidades como o deputado estadual Yulo Oiticica, vice-presidente da Assembleia Legislativa e coordenador da Comissão de Direitos Humanos da 3ª região da Arquidiocese de Salvador. Mais uma vez o município comprovou alinhamento com as políticas do Estado mobilizando autoridades para a discussão. Compareceram o comandante do Comando Regional Sul, coronel Reis, o comandante do 13º Batalhão da PM Ten. Cel. Silveira, o magistrado Roney Jorge Cunha, o comandante da CIPE Mata Atlântica Major França, o delegado Kléber Gonçalves representando a Secretaria de Segurança Pública do Estado, o coordenador do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas Ten. Cel Osíris e o comandante do subgrupamento de Bombeiros de Teixeira de Freitas subtenente Oliveira. Os vereadores compareceram em maioria.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Todos destacaram a importância do evento e elogiaram a presença e comprometimento da comunidade teixeirense, que participou ativamente. O prefeito João Bosco argumentou que “Teixeira não é uma cidade comum, é preciso entender a dinâmica desta cidade, que está passando por profunda transformação, crescimento acelerado e desenvolvimento e precisa estar preparada para isso”. Teixeira de Freitas passará a ter, a partir de setembro deste ano, voos comerciais no Aeroporto 9 de Maio e no mesmo mês começam as aulas da universidade federal, além da revolução na infraestrutura da cidade por meio do PAC 2 e, por isso, o prefeito defende e argumenta a favor da destinação de um comando regional e mais uma companhia independente para a cidade. Argumentos que foram ratificados pelo deputado Yulo Oiticica, que defendeu também o fortalecimento de políticas públicas como o Pacto Pela Vida. O secretário municipal de Segurança com Cidadania Cel. Bartolomeu Calheiros, citou vários municípios, com menor população, que receberão Companhias Independentes da PM e usou a comparação para dizer que Teixeira de Freitas, por ser maior, deve ter um aporte também maior da PM.

No início da semana o prefeito João Bosco e o secretário municipal de Segurança com Cidadania Coronel Bartolomeu Calheiros se reuniram com o secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia Maurício Teles Barbosa, quando levaram pessoalmente para o governo do estado solicitações para a melhoria da segurança em Teixeira. Um dos pedidos foi a destinação de hora extra aos policiais militares do 13º BPM, a fim de que o policiamento ostensivo possa ser intensificado de maneira imediata. Quanto à esta questão, o comandante do Comando Regional Sul, coronel Reis, que estava representando o comando da PMBA, anunciou que ainda na segunda-feira (11) enviaria a solicitação como prioridade ao comandante-geral. Respondendo a um dos questionamentos do público, o coronel explicou que isso permitirá que o comércio de Teixeira de Freitas passe a ter a ronda policial intensificada, haja vista que o período de trabalho dos policiais será ampliado. Outra novidade anunciada foi a destinação de 20 bombeiros para subgrupamento da cidade, esta feita pelo próprio prefeito João Bosco, que convidou os vereadores para, juntos, levarem à Assembleia Legislativa a solicitação de modificação do PL.

 

 

 

Fonte: Ascom da prefeitura

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui