Teixeira: Preso é queimado com água quente por companheiro de cela

Segundo polícia, vítima foi atingida no rosto enquanto dormia em presídio.

‘Intenção era matar’, diz delegado.

Um detento foi queimado com água quente por um companheiro de cela no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF), no extremo sul da Bahia. De acordo com a polícia, a vítima foi atingida no rosto enquanto dormia. O caso ocorreu no sábado (22) e até esta segunda-feira (24) o detento continua internado em estado grave no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF).

“Ele estava deitado com lado direito para cima, quando esse outro preso jogou a água na região do ouvido e todo o rosto. Ele teve queimaduras de grande proporção e ainda não consegue falar, nem ouvir direito. Falei com o outro [suspeito], que não entrou em detalhes sobre o motivo da agressão, mas alega que jogou por conta de desavenças anteriores”, relatou à reportagem o delegado Júlio César, que investiga o crime.

O delegado afirma ainda que o detento utilizou um dispositivo elétrico para ferver a água. Segundo a polícia, o agressor responde por diversas mortes e com o novo crime foi autuado por tentativa de homicídio.

“O diretor do presídio me disse que ele responde por mais de 20 mortes. Ele afirmou em depoimento que queria matar mesmo, e só não matou porque não tinha uma faca. Amanhã [terça-feira], vou até o presídio avaliar o que ele utilizou na agressão”, conclui o delegado.

 

 

 

Fonte: G1

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui