Teixeira: Jovem é executado com quatro tiros em porta de escola

O crime de homicídio aconteceu por volta das 20h30 desta quinta-feira, 4, e a vítima foi Julianderson Temisser Euclides dos Santos, 21 anos, morto com quatro tiros, sendo um na perna direita, dois na perna esquerda e um na cabeça, crime ocorrido em frente à Escola Municipal João Mendonça, localizada na rua 2, bairro Urbis II, região sul de Teixeira de Freitas.

Segundo moradores que residem próximos ao local onde aconteceu o homicídio, o rapaz, que possuía passagens na polícia, estava sentado na calçada da escola, momento que se aproximaram dois elementos em uma motocicleta e um deles sacou uma arma e começou a atirar à queima roupa em Julianderson. A morte foi instantânea.

Pouco tempo depois uma ambulância do SAMU 192 chegou ao local, mas como o rapaz já não mais apresentava sinais vitais, não restou outra saída a não ser acionar as polícias Militar, Civil e Técnica.

De acordo com informações do delegado Wendel Ferreira, de plantão na noite desta quinta-feira, 4, no Serviço de Investigação em Local de Crime (SILC), Julianderson Temisser Euclides dos Santos, 21 anos, já possuía passagens na Delegacia da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, acusado de tráfico de drogas, roubo e homicídio tentado, tendo inclusive um pedido de prisão em seu desfavor, esse que ainda não tinha recebido parecer da Justiça.

Segundo informou o perito criminal Marco Antônio Lima, do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT) e responsável pela perícia no local do crime, a vítima, que estava sentada quando começou ser alvejada, possívelmente deitou-se e colocou suas pernas à frente numa reação de defesa, por isso três disparos atingiram seus membros inferiores. Após esse momento e já com a vítima dominada o assassino teria aproximado-se ainda mais e dado o último tiro fatal da cabeça do jovem. A polícia desconfia que Julianderson vinha traficando drogas nas imediações da escola e pode ter sido morto a mando de algum outro traficante rival, possivelmente interessado também nessa região do bairro Urbis II.

Um inquérito policial já foi instaurado pelo delegado Wendel Ferreira para tentar identificar e prender os assassinos e as investigações sobre a execução seguirão a cargo do delegado Marco Antônio Neves, titular da Polícia Civil de Teixeira de Freitas.

 

 

Fonte: Teixeira News

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui