Teixeira: Deficiente física é presa tentado entrar com celular escondido na prótese

Na manhã desta quinta-feira, dia 7 de maio, uma agente penitenciária do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF), compareceu à Delegacia da Polícia Civil (DEPOL), conduzindo Marinalva Rodrigues da Silva, de 34 anos, de possui deficiência física numa das pernas, moradora da rua das Flores do Brejo, bairro São Lourença, que momentos antes havia sido flagrada tentando entrar com um celular no interior da prisão. Segundo a agente penitenciária que prefere não ter o nome divulgado, como de rotina, foi solicitado à visitante que a mesma retirasse a prótese para ser vistoriada e logo que a peça começou ser analisada foi percebido uma espécie de embrulho com algumas meias em volta e em seu interior estava o aparelho da marca LG, nas cores branca e azul, com chip da operadora Vivo, que segundo a própria acusada seria entregue para seu marido, Sérgio Marinho dos Santos, que está custodiado na unidade prisional. As últimas informações dão conta que a acusada foi ouvida e indiciada por crime de contravenção penal. Marinalva permaneceu presa à disposição da Justiça.

 

 

Fonte: Teixeira News

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui