Teixeira de Freitas: Polícia Civil e Sincomércio discutem soluções para segurança

Depois de se reunir com o comando do 13º Batalhão de Polícia Militar, o Sincomércio discutiu soluções estratégicas de segurança do comércio teixeirense em uma reunião com o delegado coordenador da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, Marcus Vinícius, no final da tarde desta sexta-feira, 27 de abril, no próprio auditório do Sindicato.

Segundo, Flávio Guimarães, as principais preocupações do setor, seriam, o alto índice de assaltos e roubos ao comércio, a maioria sem solução. Ainda de acordo com o presidente, nos primeiros meses do ano de 2012, foram registrados mais de 100 assaltos e roubos, “isso nos preocupa, a Polícia Militar recebeu reforço e Polícia Civil continua com o mesmo efetivo. Então teremos mais policias militares nas ruas levando delinqüentes para a Civil, que continua com essa defasagem, por isso chamamos o delegado Marcus Vinícius para entendermos a real situação e colocarmos nossas preocupações”, comentou Flávio Guimarães.

Durante quase duas horas foram apresentadas as reivindicações dos comerciantes, e por parte da Polícia Civil, o que poderia ser melhorado de imediato. O reforço no quadro de investigadores e o melhoramento estrutural no setor de investigação foi uma das questões mais discutidas.

“Uma das funções da Polícia é estar sempre ligada com a comunidade, e o braço do comércio é um dos segmentos representativos, nós temos que ouvir os clamores, mostrar nossas limitações dizer o que está sendo feito, é importante desenvolvermos um trabalho com mais eficiência e sempre demonstrarmos o que precisa ser melhorado”, disse o delegado Marcus Vinícius, que também apresentou resultados positivos, como a criação do Serviço em Investigação em Local de Crimes, que ajudou a reduzir os índices de homicídios e elucidar, até o momento, 50% dos casos.

Quanto aos furtos e assaltos, o delegado explicou que apesar de serem crimes considerados de baixa repercussão, são os que mais exigem do setor investigativo. Ele também falou da necessidade da criação de mecanismos para tornar a investigação muito mais eficiente, envolvendo parcerias com o Ministério Público e Poder Judiciário, “com novos mecanismos poderemos aproveitar melhor as informações trazidas pela Polícia Militar e processa-las com mais eficiência”, destacou.

Após a reunião, o presidente Flávio Guimarães, ainda preocupado, disse que o Dr. Marcus Vinicius marcará uma audiência e a caravana do comércio, irá a Salvador para se reunir com o Diretor do Departamento de Polícia do Interior na Bahia, Dr. Edenir Cerqueira e mostrar as principais reivindicações do comércio elaborada a partir de discussões da reunião desta sexta-feira. Além do aumento de efetivo pautada nos pedidos do Sincomércio ao Diretor, estaria a permanência de todos os delegados da 8ª Coorpin e a criação da delegacia de furtos e roubos em Teixeira de Freitas.

Outra preocupação de Flávio, já na Polícia Rodoviária Federal, também está diretamente ligada a falta de efetivo e consequentemente o reforço da fiscalização na BR 101, pois vários assaltos no comércio foram feitos por bandidos vindos da cidade de Eunápolis. O presidente do Sincomércio já estuda uma data para se reunir com o inspetor Liomário.

 

Fonte: Sulbahianews/Uinderlei Guimarães

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui