Sul da Bahia: “A coleção invisível” chega à região

O premiado filme A Coleção Invisível, do diretor Bernard Attal, começa sua temporada de exibição em cidades da região cacaueira nesta quinta-feira, 5, às 17h30, no auditório da Uesc..

No dia seguinte, será a vez de Camacan receber o longa, que será exibido às 19h na Câmara Municipal, No sábado, 7, às 19h, a exibição será em Buerarema, na Casa de Cultura Jonas & Pilar.

No domingo, 8, também às 19h, em Itajuípe, no bairro Pitangueiras, em praça pública. O filme prossegue sua jornada com exibições em Ipiaú, dia 12, às 10h, 15h e 18h30 no Colégio Luís Eduardo Magalhães.

No dia 13 ele chega a Uruçuca, com sessão às 19h no Centro Cultural Água Preta. O filme venceu 14 premiações, entre as quais as de Gramado, Lisboa, Bogotá, Nova Iorque, Nashville, Anápolis, Newport Beach e Paris.

“A coleção invisível” é adaptação de um conto do escritor austríaco Stefan Zweig, tendo como cenário a região cacaueira baiana, com locações em Itajuípe e Salvador.

A produção tem no elenco Vladimir Brichta, Walmor Chagas, Ludmila Rosa, Clarisse Abujamra, Conceição Senna, Paulo Cesar Peréio, Frank Menezes, Luisa Proserpio e João Lima.

As exibições no interior vêm como contrapartida da produção, que foi contemplada pelo edital da Petrobras e do Governo da Bahia. O filme tem classificação de 14 anos e a entrada para todas as sessões será franca.

O longa foi co-escrito por Bernard Attal, Sergio Machado e Iziane Mascarenhas.

Fonte: A Região

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui