Sudoeste da BA: Suposto estudante é preso após trabalhar como médico

Jovem foi preso após investigações do Ministério Público e da polícia.

Ele usava CRM de outro médico; rapaz de 32 anos confessou o crime.

Um homem de 32 anos foi preso neste sábado (6), em Jaguaquara, no sudoeste da Bahia, sob suspeita de exercer ilegalmente a medicina por dois meses no município.

Segundo as informações da polícia, o suspeito, de 32 anos, natural de Goiás, utilizava do registro de um médico para trabalhar no hospital do município baiano. Na delegacia, o rapaz teria confessado o crime, informou que estudava medicina em uma faculdade no Tocantins e iria se formar em um semestre. A polícia investiga as informações.

O suspeito ficará custodiado na delegacia de Jaguaquara e deve responder pelos crimes de exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica, informou a polícia.

 

 

 

Fonte: G1, com informações da TV Sudoeste

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui