Seminário Proteção à Infância no Turismo lança manual de orientação e prevenção

alt

O Manual de Boas Práticas foi apresentado ontem, 7, no Seminário Regional Proteção à Infância no Turismo, realizado no Senac, para um público de mais de 250 pessoas, entre autoridades políticas, representantes de órgãos públicos e de entidades sociais, conselheiros tutelares, além de profissionais como psicólogos, assistentes sociais, pessoas que compõe a rede de proteção da Costa do Descobrimento e Costa das Baleias, representantes do trade turístico e universitários.

O objetivo deste manual é orientar sobre a prevenção da violência sexual de crianças e adolescentes, por meio de ações indicadas neste documento que resulta de mobilização social e capacitação de 480 pessoas que trabalham nos empreendimentos e associações turísticas, estudantes da Universidade Estadual da Bahia – UNEB e Centro Territorial de Educação Profissional – CTPS, além de aprendizes do Serviço Nacional do Comercio – SENAC.

Uma das iniciativas deste seminário é o Projeto Fortalecendo Redes de Proteção, executado pelo Instituto Tribos Jovens, financiado pela Secretaria Especial de Direitos Humanos – SDH e Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONANDA, do qual a Prefeitura de Porto Seguro é uma das parceiras, além de secretarias municipais de turismo e instituições da rede de proteção e do trade turístico de Belmonte, Eunápolis, Porto Seguro, Prado e Santa Cruz Cabrália.

alt

O tema junto aos profissionais de hotéis e pousadas, restaurantes, bares, complexos de lazer e barracas de praia, guias e agências de viagens e do transporte, incluindo taxistas, rodoviário, fluvial, além de atores do Sistema de Garantia de Direitos e estudantes secundaristas e universitários foi explorado pela palestrante Elisângela Machado, do Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília (UnB), que atuou no Programa Nacional Turismo Responsável e Infância.

alt

“O impacto positivo porque o manual foi incorporado pelo Conselho de Desenvolvimento do Turismo e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo como compromisso e tema transversal que estará presente nas diversas ações do direcionamento estratégico”, diz a representante do Instituto Tribos Jovens, Iane Petrovick, destacando que associações ligadas ao Conselho de Turismo terão guia para atuar na prevenção à exploração de crianças e adolescentes, identificando situações suspeitas que devem ser denunciadas, tal como a entrada de crianças e adolescentes desacompanhados de seus pais em hotéis, além de tomar medidas para coibir agentes envolvidos em cadeia de aliciamento. “Todavia, a adesão de empresários, profissionais, entidades, Judiciário, Executivo e sociedade organizada a este trabalho é uma manifestação de que Porto Seguro avançou muito neste desafio, pois já tem um plano, código de conduta e diálogo entre esses diversos atores sociais que caminham juntos nesta causa” afirmou Petrovick, satisfeita com o desenvolvimento deste projeto.

Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social

Ascom – Prefeitura de Porto Seguro

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui