Itamaraju: Secretaria de Educação e Coordenação lançam Projeto Caminhos da Leitura

alt

“A leitura é uma porta aberta para o mundo de descoberta sem fim”. Este é o tema do Projeto Caminhando com as palavras, lançado na Escola Municipal Novo Prado. O projeto Caminhando com as palavras, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Coordenação Anos Finais-Ensino Fundamental,busca trazer inovação e forma de saber e conhecimento para a rede municipal de ensino.

alt

Participaram do evento a Secretária de Educação Eliene Celes, o Professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) Leandro Gaffo, Irismar Santana, artista ex-conselheiro tutelar de Itamaraju, graduado em Serviço Social, escritor Joaquim Nunes, Professora e Escritora Olga Sales Polon, Coordenadora Anos Finais Professora Lurdes Marina, Professora Sandra Regina, elaboradora do projeto, a Diretora do Departamento de Educação Básica Ana Falqueto Favarato, a Professora Inês Bastos, acompanhadora do projeto, a Diretora da Escola Municipal Novo Prado Valdiene Figueiredo, Coordenadora do EJA, Celia Leão, Professores de Língua Portuguesa do município e o e ex-aluno e poeta , Oseias Dias.

A voz marcante da Professora e cerimonialista Rubienes Souza trouxe ao público palavras de escritores,tendo esse o momento preparado o público para as o celeiro cultural que seria apresentando. A cerimonialista afirmou: “ sejam todos bem-vindos, este momento é de grande relevância para a educação do município. Há aqueles que não podem imaginar o mundo sem pássaros, há aqueles que não possam imaginar o mundo sem água, ao que me refere, sou incapaz de imaginar o mundo sem livro, no dizer de Jorge Luiz Borges”.

alt

Oficializando a abertura do desenvolvimento do projeto, a Secretária de Educação, Eliene Celes, agradeceu a presença de todos, destacando o projeto que vai abranger os quatro cantos do município, levando conhecimento, inovação e muita cultura: “sabemos que o apoio administrativo e financeiro é indispensável para a realização de um projeto como esse. São muitas as demandas que somente a Secretaria de Educação não daria conta, despesas com materiais e afins. A parceria da gestão se tornou fundamental dando condições ao projeto. Sejamos compartilhadores deste imenso sonho, que é o caminho da leitura”.

Durante o evento, diversos artistas realizaram apresentações. As ações envolveram dança, poesia, declamações e interpretações musicais.O professor da UFSB, Leandro Gaffo, levou ao público a dinamização cultural através do conto de mitos. O público não perdeu nenhum momento, absorvendo a fonte inesgotável, mostrando uma prévia do que viria.

O Projeto Caminhando com as palavras percorrerá as escolas municipais da sede e do interior. O público alvo são profissionais das escolas públicas estaduais de Itamaraju, grupos sociais e entidades de classe do município. O objetivo é contribuir com a formação leitora de diferentes segmentos, de forma dinâmica, descontraída e acessível, de modo que os alunos possam se apropriar da leitura, domínio fundamental á vivência em sociedade.

Durante a realização do projeto, as portas do conhecimento estarão abertas, proporcionando a inclusão de uma diversidade de atividades, tais como: palestras e mini palestras, Teatro de fantoche (encenação de poemas e contos); Historia oral; Apresentação de vídeos educativos; concursos de redação e tardes com poetas e artistas regionais.

Visando reconhecer a escola como um espaço de criação, a Secretaria de Educação propõe um concurso de redação para os educandos do 6º ao 9 ano do ensino fundamental II, com o tema: “Água , questão ambiental ou social?” As redações serão desenvolvidas dentro da sala de aula e, para concorrer, o aluno deverá estar devidamente matriculado na rede de ensino municipal. A seleção das redações será feita durante 03 a 15 de junho e o envio delas será feito pelas escolas para a Secretaria de Educação. Cada escola deverá enviar até 10 redações selecionada, cada redação deve ter entre 30 e 40 linhas e a divulgação do resultado será feita em agosto. Serão classificadas e premiadas as 03 melhores redações.

O lançamento despertou nos alunos e professores uma grande expectativa de garantia de aprendizado e socialização, gerada através do projeto. O público aprovou a iniciativa municipal, se colocando a disposição como plateia de um berço de educação e cidadania.

Por: Henrique Peixoto (ASCOM)

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui