Cabrália terá Rede de Atendimento ao Empreendedor

O Sebrae e a Prefeitura Municipal de Santa Cruz Cabrália, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, firmaram uma parceria para implantar na cidade a Rede do Atendimento ao Empreendedor, que irá possibilitar a realização de diversos cursos voltados para empreendedores individuais e micro e pequenos empresários. A implantação da rede atende a uma exigência da Lei Geral do município, sancionada no ano passado.

Os três primeiros cursos já começam na próxima semana e as inscrições podem ser feitas no Centro Especializado Unificado (CEU), que funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 14 horas. O endereço é Rua Pero Vaz de Caminha, s/nº, Centro, telefone (73) 3282-1115. As três oficinas são gratuitas, mas para participar é preciso ter CNPJ. O Sebrae também capacitou funcionárias do CEU para atender os interessados em se cadastrar no programa Empreendedor Individual.

A primeira oficina será realizada na segunda-feira (04), com o tema “Atendimento ao Cliente”. Na terça (05), os profissionais poderão aprender como elaborar um plano de negócio. E na quarta (06), o gestor do Ponto de Atendimento Empresarial de Porto Seguro, Antonio Robson Araújo, vai explicar as mais eficientes técnicas em vendas. As oficinas serão realizadas das 15 às 17h30, no CEU.

Antonio Robson destacou que a oficina “Atendimento ao Cliente” tem como objetivo criar condições necessárias para que os participantes desenvolvam competências para diversas ações eficientes no negócio, como identificar os aspectos que contribuem para a satisfação do cliente, refletir criticamente sobre as ações e os procedimentos de atendimento em sua empresa e planejar ações que garantam a satisfação dos clientes e possam gerar um impacto positivo nos resultados.

Já na oficina “Plano de Negócio” os empresários aprenderão os melhores instrumentos para traçar um retrato fiel do mercado, do produto e das suas próprias atitudes. “Desenvolver o plano de negócio é um sinal de maturidade e planejamento. Através dele, o empresário tem mais segurança para alcançar o êxito e também ampliar ou promover inovações”, explicou Antonio Robson. “Ideias nascem, porém para que elas se tornem realidade é preciso construí-las passo a passo”, destacou ainda.

O plano de negócio irá orientar o empresário na busca de informações detalhadas sobre o ramo, os produtos e os serviços a serem oferecidos, bem como possíveis clientes, concorrentes, fornecedores e, principalmente, sobre os pontos fortes e fracos do negócio, contribuindo assim para a identificação da viabilidade da idéia e na gestão da empresa.

Ainda segundo Antonio Robson, a oficina “Técnicas de Vendas” oferece muitas dicas para quem precisa ganhar dinheiro no comércio. “Quando estiver frente a frente com o vendedor, o cliente tem de se sentir a pessoa mais importante do mundo. Antes de sequer iniciar uma abordagem, o vendedor deve compreender qual o foco do negócio em que está atuando, qual o perfil de cliente para o qual o empreendimento está direcionado e quais as reais necessidades que esse eventual cliente espera ter atendidas pela empresa”, adiantou.


Fonde: Débora Vicentini

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui