Rui visita Cuba para estreitar relações nas áreas da educação e saúde

Havana, capital de Cuba (Foto: Gabriela Gasparin/G1)

Nesta segunda-feira (30), o governador Rui Costa inicia uma nova missão internacional, o governador desembarca em Cuba; o objetivo da visita ao país caribenho é estreitar os lações comerciais, além de estabelecer parcerias  nas áreas da saúde e educação, cujos índices são comparáveis a de países desenvolvidos; recebendo reconhecimento por parte do então secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon.

Rui participa hoje da abertura da 35ª edição da principal feira multisetorial de Cuba, a Feira Internacional de Havana (Fihav), onde pretende obter novos negócios para a Bahia. Entre os compromissos está uma reunião com o Grupo de Indústrias de Biotecnologia e Farmacêutica, BioCubaFarma, um conglomerado empresarial cubano, que produz e comercializa produtos farmacêuticos e biológicos, equipamentos e serviços de alta tecnologia. O objetivo do encontro é aprofundar o relacionamento entre as instituições dos dois países e ampliar as parcerias atuais.

O governador também se reúne com o Centro Nacional de Biopreparados – BioCen Cuba, com o objetivo de negociar a venda de insulina humana para o país cubano. Nesse encontro, Rui quer estreitar o relacionamento econômico com a empresa, por meio da Bahiafarma, que busca iniciar tratativas com o Ministério da Saúde cubano com o propósito de negociar a venda de Insulina Humana, resultado de uma parceria com a empresa ucraniana Indar. A Bahiafarma será responsável pela implantação da primeira fábrica de Insulina Humana do Hemisfério Sul e visa atender a diversos países, inclusive o país caribenho.

Na área de educação, um dos destaques do modelo cubano, Rui irá intensificar as parceiras mantidas entre as universidades estaduais baianas e as universidades cubanas. Um dos compromissos com essa finalidade será na Faculdade de Ciências Médicas de Havana.

 

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui