Rui se emociona ao lembrar dos pais em Itabuna: “tinham a convicção de que só a educação poderia transformar”

Foto: Reprodução

“Aqui está a essência do que me fez entrar para a política. Isso aqui é a essência do que eu aprendi dentro de casa. Eu tive a sorte, a honra e o privilégio de ter um pai e uma mãe que não conseguiram concluir o segundo grau, mas tinham a convicção de que só a educação poderia transformar a vida dos filhos deles”, afirmou o governador Rui Costa, durante discurso emocionado no lançamento do projeto Escolas Culturais em Itabuna, na noite desta quinta-feira (27).

Rui teve dificuldade para dar prosseguimento ao discurso e chorou em alguns momentos da sua fala par centenas de pessoas que participaram do ato no Colégio Modelo Luis Eduardo Magalhães, incluindo a primeira-dama do Estado, Aline Peixoto. O governador lembrou da sua infância e das dificuldades que enfrentou para concluir sua formação, a exemplo da “paletada” diária que dava da Liberdade, bairro onde morava, para o bairro da Boa Viagem, onde estudou no Colégio Luis Tarquínio.

“Estamos plantando a primeira semente de um futuro promissor de milhares de jovens”, garantiu o governador no lançamento do projeto, que integra o programa Educar para Transformar, lançado em 2015. “É um abraço aberto da escola para a sociedade”, resumiu Rui ao falar sobre o projeto Escolas Culturais.

 

 

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui