Riachão do Jacuípe: professora encontrada morta à facadas no interior da própria casa

alt

Continua cercado de mistério o crime que vitimou a professora Ienata Rios, encontrada morta entro de casa na tarde de domingo, 3 de julho. O corpo foi encontrado por volta das 13:30h, no loteamento São José, onde a vítima residia. O corpo de Ienata, ao ser encontrado, apresentava sinais de facadas. O delegado titular da Delegacia Civil na região, Sérgio Vasconcellos, afirma haver suspeitas da professora ter sofrido violência sexual antes de ser morta, “mas só a perícia poderá confirmar isso”, afirmou. Outra hipótese ventilada pela polícia é de que a professora foi assassinada por alguém conhecido dela, pois o portão da casa estava aberto, sem vestígios de arrombamento e nada foi roubado, sendo que Ienata estava de toalha dentro de casa. A Polícia Civil instaurou inquérito para elucidar a motivação e autoria do crime e espera ter novidades nas próximas horas.

Foto: Reprodução facebook

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui