Reunião tratará da gestão do mosaico de áreas protegidas

Foto ilustrativa
Integrantes da Comissão Pró-Conselho Gestor do Mosaico de Áreas Protegidas do Extremo Sul da Bahia se reunirão no próximo dia 10 de fevereiro, na Câmara Municipal dos Vereadores de Porto Seguro/BA (Praça Antônio Carlos Magalhães, nº 30, Centro) para definir a estrutura de gestão do Mosaico, reconhecido oficialmente pelo Ministério do Meio Ambiente no dia 17 de dezembro de 2010, através da Portaria nº 492.

O objetivo do encontro é definir a composição do Conselho Gestor, Secretaria Executiva e Presidência do Mosaico. A proposta, também, é iniciar a construção do Regimento Interno, documento que irá estabelecer as diretrizes para o desenvolvimento das ações.

O Mosaico abrange três municípios e 12 áreas protegidas e suas zonas de amortecimento, sendo 5 federais (Parques Nacionais do Pau Brasil, Monte Pascoal e Descobrimento, Reserva Extrativista Marinha do Corumbau e Refúgio de Vida Silvestre Rio dos Frades), 2 estaduais (Áreas de Proteção Ambiental de Caraíva-Trancoso e Coroa Vermelha), 1 municipal (Parque Municipal Marinho do Recife de Fora) e 4 particulares (Reservas Particulares do Patrimônio Natural Veracel, Manona, Carroula e Rio Jardim).

Nasceu da necessidade de articular as ações desenvolvidas por diversas organizações e lideranças comunitárias em busca da recuperação e proteção da Mata Atlântica e da melhoria das condições de vida das populações locais. É uma proposta de gestão territorial coletiva e participativa que busca o fortalecimento de uma cultura voltada para o desenvolvimento socioambiental.

Fonte: Ascom da Flora Brasil

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui