Que sua luz brilhe

“Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus.” (Mateus 5.16)

Nos versos que antecedem a este, vemos Jesus falando sobre a impossibilidade de ocultar uma cidade edificada sobre os montes, pois suas luzes poderiam ser vistas por um viajante passando de longe. E o diz depois de afirmar que nós somos a luz do mundo. E com isso, Ele deixa claro que nossa luz precisa ser vista. Jesus também fala que o lugar apropriado para uma lamparina é onde possa iluminar o ambiente e não debaixo de uma vasilha, que acabaria por ocultar sua luz. Ele nos lembra com isso da importância de nos colocamos nos lugar apropriado, de modo que nossa luz possa iluminar. Afinal, a vida de todos nós é de grande valor. Podemos ser fonte de luz para muitas pessoas.

Jesus conclui esse ponto de Seu ensino dizendo que nossa luz deve brilhar diante das pessoas. E de que luz exatamente Jesus está falando? Ele esclarece que trata-se do tipo de obras que realizamos. Nosso brilho está relacionado às boas obras que, realizadas, revelam nossa comunhão com Deus e o que recebemos dele. Isso envolve nosso caráter, nossas atitudes, que devem ser éticas; nosso comportamento, que deve revelar o quanto somos sensatos e procuramos ser corretos. Mentira não combina com luz, assim como não combinam a desonestidade, a esperteza, a ambição egoísta e tantas outras coisas. Sobretudo, brilhar, realizando boas obras, envolve o modo como nos relacionamos uns com os outros, o valor que atribuímos ao nosso próximo e a compaixão, misericórdia e bondade que manifestamos.

Brilhar não é algo relacionado a criar uma imagem que impressione as pessoas. Não tem a ver com grandeza e orgulho, vaidade ou presunção. Essas coisas nada em a ver com a luz que devemos ser. Ao contrário, são manifestações das trevas. Brilhar tem a ver com beneficiar outros e não com tirar vantagem da luz. Nossa luz deve brilhar diante dos outros e o resultado deve ser a percepção de que andamos com Deus. De que há algo em nós que não vem de nós, que é maior que nós, que vem dos céus. Nosso mundo precisa de luz. Jesus disse que nós somos essa luz. Que obras temos praticado? Alguém tem sido levado a glorificar a Deus pelas boas obras que realizamos? Que esse ano seja um ano repleto de boas obras, que possamos brilhar e iluminar. E que Deus, somente Ele, receba toda glória.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui