Quadrilha de traficantes é desarticulada no sul da Bahia

Grupo era comandado por interno do Presídio de Teixeira de Freitas
Um grupo formado por quatro pessoas foi detido durante uma operação policial no Sul da Bahia. O bando recebia instruções de um apenado do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, condenado por tráfico de drogas. Gerry Adriani de Jesus Rocha é apontado como líder do narcotráfico na região, bem como do contrabando de armas, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP). A Operação Vértice, coordenada pela 23ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin), foi desencadeada na última quinta-feira, 25/11, em cumprimento a ordens judiciais de Porto Seguro e comarcas circunvizinhas. Foram presos: Jeferson Canguçu Santos, 19, Israel Dias Gonçalves, 27, Michael Antônio da Silva, 18, e Joadson Pacheco Brito, acusados de homicídios e tráfico. Os mandados expedidos pela Justiça eram para a prisão preventiva do presidiário Gerry Adriani, Darles da Rocha da Silva, Edmarie Rocha Cruz e Érica Alves de Souza.

Mesmo encarcerado, Gerry, segundo a polícia, se comunicava com traficantes de drogas e armas de São Paulo, fazendo os pagamentos mediante depósitos bancários, no que teria utilizado contas de “laranjas”. Um dos depósitos identificado era referente à quantia de R$ 80 mil. A partir dos resultados da operação, Adriani deverá cumprir provisoriamente pena no Regime Disciplinar Diferenciado, o que objetiva impedir a sua ação no crime organizado.

Uma das mulheres presas, Érica Alves de Souza, tinha em sua residência comprovantes de depósitos bancários na conta de membros da quadrilha de São Paulo. Os policiais apreenderam ainda uma caderneta com dados sobre vendas de drogas e clientes. Entorpecentes teriam sido distribuídos em Itamaraju, Alcobaça, Prado e Teixeira de Freitas.

No momento da prisão, Jeferson Santos tinha em seu poder um revólver calibre 38, sem numeração. Foram presos ainda Israel Gonçalves, fugitivo da Delegacia Eunápolis e acusado de roubo, e Michel da Silva, que responde por homicídio, além de Joadson Brito, acusado de porte ilegal de arma e tráfico de drogas.

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui