ProJovem estimula vínculos familiares e cidadania

Foto: João Cordeiro
O terceiro encontro do Programa ProJovem 2011 reuniu mais de 350 adolescentes e jovens, além da equipe multidisciplinar da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, no auditório do IFBA, na tarde do dia 2.

A Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social é a responsável por coordenar o programa no município, atendendo a 25 coletivos, distribuídos nos bairros e distritos de Porto Seguro. Ao todo serão 550 pessoas atendidas nesse ano, na faixa etária de 15 a 17 anos, oriundos do Bolsa Família. O programa visa propiciar a formação ética, cultural, esportiva e, nesse ano, também a questão profissional. “Queremos favorecer a postura cidadã dos assistidos na comunidade”, destaca o secretário, Élio Brasil, que ainda frisou que o prefeito, Abade, tem fornecido toda a estrutura e suporte necessário para que os assistidos possam desfrutar de todos os projetos propostos pelo programa.

“Temos conquistado expressivos resultados por meio desse programa ao fazer o contraponto às demais oportunidades oferecidas à margem da sociedade, tais como envolvimento com drogas, alcoolismo e violência”, destaca o secretário ao falar da importância de despertar nos jovens reflexão sobre seu papel na comunidade.

Nesse encontro houve apresentações de dança, teatro, taekwondo e palestra sobre a importância da continuidade dos estudos, vínculos familiares e o jovem como ator social, ministrada pelo professor de Administração, João Walpole Henriques.

A coordenadora do programa, Rita de Cássia Santana, disse que o encontro é importante para a interação dos assistidos uns com os outros, visto que essa é uma oportunidade que se reúnem moradores de vários distritos e bairros. A adolescente Laura Moura, diz que após integrar ao programa há um ano, passou a conhecer melhor a realidade social do município, fez amigos e ainda, descobriu o talento para o Taekwondo, além de passar a reconhecer seu papel na sociedade. “Antes eu não pensava nessas coisas, não planejava o futuro, tampouco, praticava esportes”, diz.

Rita de Cássia chamou a atenção dos assistidos para os desafios dessa nova etapa do programa. “Queremos um mundo melhor e, para isso, precisamos de pessoas melhores. Só poderemos alcançar esse objetivo quando o jovem de hoje assumir suas responsabilidades frente a comunidade em vive, sendo um multiplicador dos valores aprendidos”, enfatiza, esclarecendo que o ProJovem estimula os estudos, a valorização dos laços familiares e propõe fortalecimento das correntes a fim de uma sociedade mais justa e democrática.

Fonte:Verônica Menezes Porto/Imprensa Oficial – Prefeitura de Porto Seguro

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui