Projeto que incentiva limpeza das praias passará por Caravelas neste sábado

Boneco Mero encanta criançada e leva a mensagem importante sobre preservação. Foto: Dó Galdino

Setembro foi escolhido como o mês internacional dos mutirões de limpeza de praia, o World CleanUp Day. No dia 15 de setembro, 150 países estarão mobilizados para 24 horas de limpeza e o objetivo é conscientizar a sociedade sobre o descarte irregular de resíduos sólidos urbanos que vão parar nos rios e oceanos.

O Projeto Meros do Brasil, patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental, participará do Dia Mundial de Limpeza com uma série de atividades em vários estados do Brasil.

No Bahia, mais precisamente no extremo sul, em Barra de Caravelas, terão limpeza da praia do Grauçá e intervenção artística com bonecos de mero e baleira com o intuito de provocar uma reflexão à população de caravelas. As atividades se iniciam às 8h e terminam ao meio-dia.

O coordenador do Projeto Meros do Brasil, na Bahia, Dó Galdino, diz que as ações de educação ambiental caracterizam uma provocação “fazemos um pouco diferente com intervenções artísticas e manifestações culturais junto ao processo de educação ambiental, isso provocar a sociedade frente a essas questões e problemáticas socioambientais”.

Para ele, os malefícios afetam diretamente as espécies marinhas, como também toda a população costeira que sobrevive diretamente desses peixes, de todos os produtos extraídos de manguezais, mares e rios. “As populações são diretamente afetadas. Então, a consciência pode vir a partir do momento em que a população compreender essa interação entre rios, matas e oceanos e saber que o maior afetado são eles próprios. A intervenção artística faz buscar essa consciente e compreensão das responsabilidades de cada um e de maneira mais fácil”, afirma Dó.

O Projeto Meros do Brasil tem investido em ações de Educação e Comunicação Ambiental e vem chamando atenção para a importância da conservação das espécies ameaçadas de extinção e levar ao conhecimento de todos sobre as pesquisas realizadas em busca do equilíbrio dos ambientes naturais.

Em 2050, poderá haver mais plástico do que peixes nos oceanos

“Nosso mundo está sendo inundado por resíduos plásticos prejudiciais”, afirmou o secretário-geral da ONU, António Guterres. “Todos os anos, mais de 8 milhões de toneladas acabam nos oceanos”.

Se as tendências atuais continuarem, em 2050 nossos oceanos terão mais plástico do que peixes, disse o secretário.

Ainda de acordo com a ONU, a taxa média global de reciclagem de plástico é de 25%, o que significa que um volume enorme de lixo plástico vai parar nos oceanos — e, muitos desses resíduos são garrafas descartáveis de água. São necessários pelo menos 450 anos para que uma garrafa plástica se decomponha e desapareça do meio ambiente.

O Projeto Meros do Brasil não poderia ficar de fora das atividades de conscientização da sociedade.

Com mais de 16 anos de atuação, O Projeto desenvolve ações em nove estados litorâneos do país: Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Alagoas, Pernambuco e Pará.

As atividades não ficarão apenas restritas ao sábado, dia 15 de setembro.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui