Projeto Horta Escolar estimula cultura ecológica

{jcomments on}O I Encontro do Projeto Educando com a Horta Escolar deste ano aconteceu dia 10 de junho, no Hotel Solar do Imperador. O projeto é promovido pela Secretaria de Educação, em parceria com a ONU e órgãos federais, desde 2009.

Durante a reunião com representantes de escolas, engenheiros agrônomos e autoridades, a coordenadora do projeto em Porto Seguro, Tatiana Longo Monteiro, realizou dinâmica com os participantes, promovendo reflexão sobre o meio ambiente. Em seguida, contou um pouco da história do projeto, que no ano passado contava com a adesão de 15 escolas municipais e, que agora, já abrange 25. “Estamos envolvendo 18 mil estudantes e visamos à sustentabilidade, educação alimentar e qualidade de vida aos alunos da rede municipal e comunidades do entorno das escolas”, ressalta Tatiana.

Na retrospectiva das ações realizadas desde a implantação do projeto no município constam oficinas com alunos e comunidade sobre o cultivo de hortas, estudos das verduras e hortaliças, oito encontros com as escolas participantes, bem como, intercâmbio em outras cidades e participação no III Encontro Nacional do Projeto Educando com a Horta Escolar, realizado em Ponta Grande (RN), no mês de março.

Hábitos saudáveis

Ainda houve espaço para depoimentos e discussão sobre a Lei 11.947, que contempla o consumo desses alimentos produzidos pelos estudantes na merenda escolar. A superintendente de Educação, professora Dilza Reis, frisou que o foco é nos alunos. “Eles serão os herdeiros dessa cultura, por isso, estamos empenhados em trabalhar os conceitos de sustentabilidade nos quais esse projeto é embasado, para formarmos uma sociedade consciente quanto à preservação do meio ambiente e hábitos saudáveis para se conquistar a longevidade”, explica. O secretário de Meio Ambiente, Élio Brasil, compartilha da mesma opinião. “Precisamos investir na cultura ecológica, propiciando o aprendizado de como se cultivar alimentos saudáveis e lidar com a terra”, ressalta.

Em um segundo momento, houve discussão pedagógica desse trabalho interdisciplinar e apresentação dos resultados obtidos pelas escolas. Também foram acertadas as datas para a entrega de planos, orientação sobre aquisição de recursos, além de programação para visitas e mutirão, a fim de mobilizar novas escolas a entrarem nesse caminho auto-sustentável do calendário verde do Educando com a Horta Escolar.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui