Projeto de lei na Bahia visa isentar voluntários de pagamento de taxa em concursos

Foto: Reprodução/Internet

A deputada Fabíola Mansur (PSB) quer garantir isenção da taxa de inscrição em concursos públicos para os Agentes Voluntários de Proteção da Infância e Juventude Credenciados.

Projeto de lei apresentado por ela na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) com esse objetivo obriga os órgãos e as entidades que integram a administração pública a incluir a isenção prevista nesta Lei nos editais de concursos públicos.

Ao justificar a proposta, Fabíola argumentou que ela vai possibilitar maior e mais efetiva participação dos agentes na prevenção e fiscalização de ameaças ou violações aos direitos e garantias das crianças e dos adolescentes.

Como é sabido e ressabido, trata-se de atividade voluntária, de maneira a evidenciar a necessidade de garantir mecanismos para facilitar a efetivação do labor por parte dos agentes”, acrescentou ela.

No documento, ela ressaltou ainda que o próprio Tribunal de Justiça reconhece a filantropia no exercício das atividades dos Agentes de Proteção à Criança e ao Adolescente.

No Provimento nº 11/2006 do TJ estabelece  que competem “aos Agentes Voluntários de Proteção à Criança e ao Adolescente as mesmas atribuições previstas para os servidores efetivos do Tribunal de Justiça, nos termos do art. 260, da Lei de Organização Judiciária do Estado da Bahia, observada, entretanto, a gratuidade inerente aos serviços prestados”.

Nesse sentido”, diz ela, “nada mais justo que conceder aos Agentes Credenciados de Proteção à Criança e ao Adolescente do TJ-BA a isenção quando da realização de concursos públicos promovidos no âmbito do Estado da Bahia, mormente para incentivar a atividade voluntária”, afirmou Fabíola, destacando que tal isenção não significa qualquer incremento de despesas para o Estado, “na medida em que o trabalho voluntários desses profissionais já resulta em imensuráveis ganhos para a sociedade como um todo e para o próprio Estado”.

Fonte: Agência Alba

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui