Programa da Suzano promove encontro virtual sobre inclusão da pessoa surda no ambiente escolar

Foto: Divulgação

Café com Libras: o evento virtual promoveu um intercâmbio entre escolas do estado do Bahia e Maranhão

O mês de setembro é marcado por duas datas importantes: Dia Internacional da Língua de Sinais e Dia Nacional dos Surdos. Nesse período diversas atividades são promovidas com o intuito de valorizar a comunidade surda e conscientizar a população sobre a necessidade de promover a inclusão social.

Nesse cenário de inclusão, a Suzano, referência global na produção de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, realizou, na tarde da última sexta-feira, 25 de setembro, por meio do Programa Suzano de Educação, a live “Café com Libras: comunidade surda em foco”, encontro virtual que promoveu um intercâmbio entre os municípios de Imperatriz (MA) e Mucuri (BA).

As duas cidades se conectaram para construir esse momento e compartilhar um pouco sobre as lutas e conquistas da comunidade surda. A iniciativa proporcionou uma conversa sobre as ações importantes promovidas pelas secretarias municipais de educação desses dois municípios, em prol dos alunos surdos, bem como a promoção do crescimento profissional, maior inserção e a inclusão dessas pessoas no mercado de trabalho.

Foto: Divulgação

live contou com a participação de membros das comunidades surdas, que incluem famílias de pessoas surdas, gestores, professores, colaboradores da empresa e intérpretes de língua de sinais.

O operador de embaladeira de bobinas da Suzano Unidade Mucuri, Cleber Santana, é deficiente auditivo e ressaltou a relevância do encontro virtual. “Tive o prazer de compartilhar a minha trajetória de vida durante a live e pude mostrar que a deficiência auditiva não é uma desculpa para não fazer nada e sim uma oportunidade de me esforçar mais e ir além”, ressalta o operador.

Maria Ivanilde Oliveira dos Santos é gestora da 1ª escola municipal bilíngue para surdos do estado do Maranhão, localizada em Imperatriz, e que atende toda a Região Tocantina. Ela comemora a iniciativa ressaltando a importância da troca de experiências para o fortalecimento dos direitos e da inclusão das pessoas surdas na sociedade.

“As discussões com o objetivo de mostrar os trabalhos com a Comunidade Surda são de fundamental importância, pois aprendemos com a experiência do outro. Disponibilizar esse espaço de discussão sobre essa temática é fundamental, pois podemos compartilhar experiências positivas com pessoas, possibilitando assim, melhorar o conhecimento sobre a temática em foco”, destaca a gestora.

Sobre a Suzano

A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de árvores, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui