Programa Moderpec

*Pedro Ivo Rodrigues

O Moderpec, Modernização da Pecuária de Corte da Bahia, é um programa implementado há três anos com apoio de entidades como o SENAC e o SEBRAE e em parceria com os sindicatos rurais, na pessoa do seu presidente, João Martins, atuando em vários municípios baianos, visando proporcionar ao produtor rural, em sua propriedade, uma assistência técnica qualificada, com profissionais com formação em zootecnia, agronomia e veterinária, bem como gestores de campo e técnicos em reprodução animal.

De acordo com o consultor técnico Alex de Melo Coelho, o trabalho vai desde a melhoria no manejo dos pastos à genética. “Com o objetivo de tornar a propriedade rural uma empresa qualificada, fazemos o acompanhamento mensal das receitas e despesas, em planilhas econômicas, para diagnosticar e corrigir as falhas, levando o produtor a obter maior lucratividade. É importante salientar que outro dos nossos propósitos é o treinamento da mão-de-obra das empresas rurais do programa Moderpec, pelo que promovemos cursos em diversas áreas e encontros, no mínimo quatro vezes por ano. Em Salvador, por exemplo, participamos do Congresso Internacional de Produção Pecuária, onde alcançamos resultados positivos”, informou o consultor, salientando que atualmente existem quatro grupos, com sede em Itapetinga e filiais em Vitória da Conquista, Ipiau e Wanderley (município do Oeste da Bahia), com apoio dos sindicatos rurais e da Cooperativa Mista do Médio Rio Pardo – Coopardo-, tendo como gestores de campo quatro zootecnistas e quatro veterinários. “Trabalhamos atualmente com 80 propriedades, que são visitadas ao menos uma vez por mês. A parte econômica e produtiva é coordenada por mim, que recebo os dados repassados pelos técnicos, além de ser responsável pela assistência a 20 imóveis rurais. Entretanto é importante ressaltar que se trata de um trabalho sério, que já foi comentado em depoimentos de produtores, que destacaram os pontos que foram melhorados na estrutura de planejamento de uma empresa rural. Frise-se que esse planejamento é fiscalizado pela coordenação do Moderpec e é seguido passo a passo, com auxílio do pessoal do SEBRAE. A partir de 2011, a Federação da Agricultura do Estado da Bahia – FAEB- e demais parceiros, como o SEBRAE, desenvolverá um trabalho baseado na experiência com gado de corte no Mato Grosso do Sul, que enviará técnicos para coordenação de gestores de campo em municípios, com a troca de informações relativas a novidades na esfera tecnológica e benefícios de custo. Acredito que o Moderpec crescerá ainda mais a partir do próximo ano”, explanou Alex.

“Parabenizo a todos que participam desse programa e os lembro da oportunidade que a FAEB trouxe a classe ruralista no sentido de desenvolvimento da parte empresarial. Teremos uma pecuária mais forte e unida nos seus objetivos. Deixo uma frase do Dr. Pedro Paulo, da Embrapa, que diz assim: “O melhor jogador do mundo é o Rei Pelé, então por que não levar a carne de melhor qualidade a ser a melhor do mundo?”, finalizou.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui