Produtores de feijão do oeste da Bahia cobram mais segurança às propriedades rurais

alt

Produtores de feijão da região oeste do estado aguardam desde o fim de junho uma audiência com o governador Rui Costa para cobrar mais segurança às propriedades rurais. A preocupação tem a ver com o valor da carga de feijão. Nos últimos meses, o produto teve alta e o preço da leguminosa está cada vez mais caro. No sábado (2), uma carga com mil sacas de feijão, estimada em R$ 520 mil, foi roubada de uma fazenda de Barreiras, na Bacia do Rio Grande, no oeste baian. Segundo Associação dos Produtores e Irrigantes da Bahia (Aiba), é necessário reforço na segurança das propriedades, com mais policiamento. Júlio Busato, presidente da Aiba, disse que nunca imaginava que isso [roubo de feijão] pudesse ocorrer. “Nós nunca havíamos imaginado que isso pudesse acontecer. É um problema sério e estamos aguardando o retorno do governador. Precisamos de um policiamento mais ostensivo na região”, afirmou. Ainda segundo a entidade, de maio até hoje, pelo menos cinco casos de roubo de soja ocorreram no oeste baiano.


Fonte: Correio da Bahia

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui