Presidente Jair Bolsonaro discursa durante manifestação pelo 7 de Setembro

As celebrações pelos 199 anos da Independência ocorrem de forma pacífica nesta terça-feira, 7 de Setembro. Em Brasília, as comemorações oficiais começaram com a cerimônia de hasteamento da bandeira nacional no Palácio da Alvorada.

O presidente Jair Bolsonaro desfilou em carro aberto até o local da cerimônia. O ato contou com a exibição de carros anfíbios das Forças Armadas no Lago Paranoá e a participação de 18 paraquedistas, que pousaram no gramado do Palácio da Alvorada. Uma paraquedista entregou a bandeira do Brasil ao presidente.

“Não são fáceis as decisões. Não escolham o lado do conforto, sempre estarei ao lado do povo brasileiro. Esse retrato que estamos tendo nesse dia é de vocês. É o comunicado, é um ultimato para todos que estão na Praça dos Três dos Poderes, inclusive eu, o presidente da república”, afirmou.

O presidente criticou prisões de conservadores nos últimos dias e fez críticas aos ministros do STF, dizendo que “esse ministro do Supremo Tribunal Federal perdeu as condições mínimas de continuar dentro daquele tribunal”, em referência a Alexandre de Moraes. “Não podemos aceitar mais prisões políticas no nosso Brasil. Ou o chefe desse Poder enquadra os seus ou esse Poder pode sofrer aquilo que não queremos (…) Nós todos aqui juramos respeitar a nossa constituição, quem age fora dela ou se enquadra ou pede pra sair”, disse.

“Não mais aceitaremos que qualquer autoridade, usando a força do Poder, passe por cima da Constituição. Não mais aceitaremos qualquer medida, qualquer ação que venha de fora das linhas da Constituição. Não podemos continuar aceitando que uma pessoa específica da região dos Três Poderes continue barbarizando a nossa população”, acrescentou.

“Cada um de nós deve se curvar à nossa Constituição. Temos essa obrigação. Se queremos a paz e harmonia, devemos nos curvar à constituição”, completou o presidente. “Peço que me ouçam hoje às 16h na paulista, como chefe do executivo seria mais facil ficar em casa, mas como sempre disse: sempre estarei onde o povo estiver. Vou a SP e retorno, amanhã estarei no Conselho da República juntamente com os ministros, juntamente com presidente da Câmara, do Senado e do STF, com esta fotografia de vocês. Vou mostrar para onde nós todos devemos ir.”

Manifestação

Protestos contra e a favor do governo do presidente Jair Bolsonaro marcam o feriado da Independência no Brasil nesta terça-feira (7) em todo o país.

Mas, desde a manhã desta terça, o movimento é grande na Esplanada dos Ministérios, onde se concentram os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro vindos de diversos estados.  Houve o registro de uma pequena confusão no início da manhã, mas a situação foi controlada.

Compilação: Jovem Pan, R7, CNN Brasil, Rede Social do Presidente

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui