Presidente da UPB articula apoio para municípios atingidos pelas chuvas

Presidente da UPB vai articular apoio para municípios atingidos pelas chuvas. Foto: Ascom

Atingidos pelas fortes chuvas que caem no estado, 17 municípios baianos tiveram a situação de emergência reconhecida na edição extra do Diário Oficial da União (DOU) do sábado, 11 de dezembro. O presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Zé Cocá, afirmou que vai a Brasília na próxima terça-feira, 14 de dezembro, buscar apoio do governo federal para a reconstrução dos estragos deixados pela tempestade. O gestor também informou que está em contato com o governo do estado, através da Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), para auxiliar os municípios no socorro à população das cidades afetadas pelas chuvas.

“Vamos buscar ajuda emergencial para acolher os desabrigados e prestar apoio aos municípios na reconstrução da infraestrutura. Muita coisa foi destruída pelas chuvas, temos povoados isolados, o que vai demandar uma ação do governo federal e estadual porque sozinhos nossos municípios não conseguem responder com rapidez”, explica Zé Cocá que também é prefeito de Jequié no Sudoeste baiano. Ele acrescenta que outros municípios, além dos 17 com decreto de emergência federal, também foram afetados e necessitarão de reparo aos danos causados em estradas, pontes e vias de acesso. Na Defesa Civil do estado já somam mais de 30 municípios em emergência desde o mês de novembro.

A UPB, segundo o gestor, também fará a articulação com os municípios maiores para prestar apoio com máquinas, pessoal de limpeza, suprimento e o que puder ser doado para ações emergenciais.  Os municípios com situação de emergência reconhecida pela União em decorrência da tempestade são: Camacan, Canavieiras Itacaré, Guaratinga, Ibicuí, Itabela, Itamaraju, Itapetinga, Jiquiriçá, Jucuruçu, Marcionílio de Souza, Mascote, Medeiros Neto, Santanópolis, Teixeira de Freitas e Vereda.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui