Prefeitura e Embasa implantam rede de abastecimento de água no bairro Caribe II em Itabatã

Prefeitura e Embasa implantam rede de abastecimento de água no bairro Caribe II em Itabatã. Foto: Ascom

A Prefeitura Municipal de Mucuri e a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) estão concluindo até o final deste mês de abril as obras de extensão de redes de água no distrito de Itabatã. As obras de extensão de rede distribuidora de água localizada no bairro Caribe II, em Itabatã, por meio da parceria entre Prefeitura de Mucuri e Embasa iniciaram no último dia 2 de fevereiro.

O gerente do escritório local da Embasa em Itabatã, o engenheiro Moabe Alves Silva, informa que nesta primeira etapa da obra, estão sendo implantadas 7,5 mil metros de tubulações para atender, incialmente, 100 famílias com novas ligações de água potável e de qualidade. “Estreitamos os laços com a gestão municipal atual e estamos trabalhando a todo vapor para finalizarmos a obra no mais curto prazo de tempo possível”, disse Moabe Silva.

Foto: Ascom

O prefeito de Mucuri, Roberto Carlos Figueiredo Costa, o “Robertinho” (DEM) que selou o tratado para o início da obra junto ao Governo da Bahia através da Embasa desde o último dia 7 de janeiro, disse que a obra promove e garante o acesso à água potável e melhora a qualidade de vida dos munícipes do bairro Caribe-II, que a partir de agora irão contar com água canalizada e tratada em suas casas. Para Robertinho, a água é prioridade para a vida humana e será uma das prioridades do seu governo, porque trabalhará nestes quatro anos para continuar levando água limpa e condições mais dignas para os bairros e comunidades rurais, o que além de melhorar a qualidade de vida, melhora a saúde das pessoas.

“Com este sistema de abastecimento estamos proporcionando saúde e melhorias de vida para a população, sendo que a nossa meta é universalizar a água tratada no município de Mucuri. Este serviço era um anseio antigo dos proprietários de imóveis do Caribe-II, mas a partir de agora, o dia a dia dessas pessoas ficarão mais fácil, a água tratada e canalizada será uma garantia de saúde para estas famílias. E reafirmo ao povo do município de Mucuri que o meu propósito é continuar buscando investimentos para elevar a qualidade de vida da nossa gente”, assegurou o prefeito Robertinho.

Aguardada há vários anos pelos moradores do bairro Caribe-II em Itabatã, a rede de abastecimento e tratamento de água está sendo comemorada pelos moradores. A moradora e comerciante Márcia Lima, popularmente conhecida por “Marcinha” destaca que a obra que está chegando, vem enchendo os seus habitantes de expectativas, por que a chegada da água tratada nas torneiras das donas de casa melhorará a qualidade de vida dos moradores. “Antes, quem tinha condições comprava água, quem não tinha, precisava fazer o tratamento manual da água que pegava direto do rio ou dos poços. A concretização dessa obra vai melhorar e muito a vida de quem vive aqui. Estamos muito contentes com a iniciativa da Prefeitura e da Embasa”, disse a comerciante Marcinha.

Foto: Ascom

Conforme o secretário Municipal de Obras de Mucuri, o engenheiro civil Victor Augusto Souza Santos, as obras estão na reta final com as escavações para encanação em todo o bairro Caribe-II, onde está sendo feita a ligação até a rede que vem do reservatório que levará a água até as casas dos moradores com as devidas ligações domiciliares realizadas. Para o secretário, a obra é uma característica aliada à proposta de novos investimentos que tornam o saneamento um setor estratégico para o governo municipal, que além da indução econômica gerada, atende e fomenta uma política essencial à saúde e qualidade de vida da população.

O prefeito Robertinho acrescenta que pretende continuar buscando recursos para o setor de abastecimento de água e também de esgotamento sanitário, por assim entender, que o saneamento é um importante vetor de desenvolvimento que impulsiona a economia do município, além de gerar centenas ou milhares de empregos. “Os impactos econômicos são sentidos em áreas como turismo, construção civil e, especialmente, a desoneração de curto, médio e longo prazo na saúde pública, uma vez que aumenta a salubridade das habitações e evita a proliferação de doenças, garantindo também a preservação do meio ambiente”, concluiu o prefeito Robertinho.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui