Prefeitura de Prado atua na profissionalização do turismo incentivando o Cadastur

A prefeita Mayra Brito, do Prado. Fotos: Elizeu Portugal/OSollo

A Prefeitura de Prado deu mais um passo na profissionalização do turismo municipal. A prefeita Mayra Brito assinou o decreto nº0 72/2019, que já está em vigor e de acordo com o Art. 9º, prevê que a liberação dos alvarás dos exercícios de 2020 em diante, para pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor de turismo, estão condicionados à apresentação do cadastro do Ministério do Turismo – CADASTUR.

Este cadastro garante diversas vantagens e oportunidades aos seus cadastrados e é também uma importante fonte de consulta para o turista. É totalmente gratuito e tem validade de 2 anos para Pessoas Jurídicas e 5 anos para Pessoa Física.

Wander Noronha, presidente da Câmara de Turismo da Costa das Baleias

Para o secretário de turismo de Prado, Wander Noronha, esta vinculação é de extrema importância, tanto para a profissionalização de um destino turístico, quanto para o município buscar recursos federais para investimento no segmento do Turismo, e para isso, precisa estar no MAPA DO TURISMO.

O município permanece no Mapa do Turismo Brasileiro, mas pelo número de leitos que Prado possui, faltam muitas empresas do setor hoteleiro se cadastrarem. E uma das preocupações é que, se houver uma fiscalização e o empreendimento não estiver cadastrado, poderá ser notificado e multado”, explicou o secretário.

Imagem: Divulgação

Para a prefeita, Mayra Brito, o objetivo é dar mais segurança aos estabelecimentos e ao turista. “Atender a este critério estabelecido pelo ministério é muito importante para que Prado continue incluída no Mapa do Turismo do Brasil, e tenha seus estabelecimentos e prestadores de serviço ligados ao turismo, atuando dentro das normas e com um serviço cada vez melhor”, disse a prefeita.

O Mapa baseia a criação de políticas públicas e a destinação prioritária de recursos do Ministério do Turismo, com foco no desenvolvimento regional do setor. Para integrar o Mapa do Turismo Brasileiro 2019, o MTur estabeleceu alguns critérios obrigatórios:

* O município deve ter um órgão de turismo em atividade, no caso de Prado, a Secretaria de Turismo;

* O Conselho Municipal de Turismo (COMTUR);

* Dotação orçamentária destinada ao Turismo.

Conforme a Lei nº 11.771, de 17 de setembro de 2008, o cadastro é obrigatório para os seguintes prestadores de serviços turísticos:

* Acampamentos Turísticos;

* Agências de Turismo;

* Meios de Hospedagem;

* Organizadoras de Evento;

* Parques Temáticos;

* Transportadoras Turísticas;

* Guia de Turismo.

O CADASTUR é totalmente gratuito. As empresas que quiserem informações em fazer o este cadastro no Ministério do Turismo, pode procurar a Secretaria que daremos as orientações, ou podem ligar direto no Ministério do Turismo.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui