Prefeitura de Porto Seguro decreta situação de emergência e calamidade pública

Jânio Natal, prefeito de Porto Seguro. Foto: reprodução/Arquivo

O prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal, decretou situação de emergência e calamidade pública no Município.

A informação consta na edição 4.713 do Diário Oficial da Prefeitura, no decreto N.º 11.611/21, de 18 de janeiro, que diz:  “Decreta Situação de Emergência e Estado de Calamidade Pública para o enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do surto epidêmico do coronavírus (covid-19), no Município de Porto Seguro e dá outras providências”.

Ainda conforme o documento, “fica declarada Situação de Emergência e Estado de Calamidade Pública para o enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do surto epidêmico de coronavírus (covid-19), até o dia 30 de junho de 2021”.

Foto: reprodução Diário Oficial/OSollo

O decreto tem data retroativa, com efeito legal datado de 01 de janeiro de 2021.

Vacinas em Porto

O município de Porto Seguro recebeu 4.900 mil doses da vacina, que chegaram na madrugada de terça no aeroporto local. Desse total, 1.300 serão direcionadas para a população do município, idosos de 60 anos institucionalizados e profissionais da linha de frente de combate à pandemia. Já 3.600 vacinas serão destinadas para a população indígena aldeada.

Conforme o boletim do dia 20 de janeiro, a cidade tinha 485 pessoas em isolamento domiciliar, oito internadas. Quanto aos leitos, 42% estavam ocupados. A taxa de recuperação na cidade estava em 95,8% com 85 óbitos desde o início da pandemia da covid-19.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui