Prefeitura de Mucuri realiza Dezembro Vermelho pelo combate e prevenção ao HIV

Distribuição de preservativos e ações de orientação. Fotos: Ascom

A Prefeitura de Mucuri, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou testes rápidos de HIV, distribuição de preservativos e ações de orientação em atividades pelo Dezembro Vermelho.

Durante vários dias, em diversos lugares, profissionais dos Postos de Saúde e CTA promoveram este alerta para a prevenção e combate à Aids. O teste rápido e gratuito chegou para a população, permitindo o diagnóstico precoce.

Em Itabatã, os serviços foram na Feirinha. E, pelos distritos, nas Unidades Básicas de Saúde. Além desta mobilização, a Prefeitura levou informação pelas redes sociais, em uma campanha informativa, com a hashtag #tirandoduvidas respondeu a dúvidas frequentes quanto as formas de contágio.

“Para fortalecer a causa e enfrentar as adversidades, é preciso promover o enfrentamento e levar informação”, comentou o prefeito de Mucuri, Dr. Carlos Simões.

Dezembro Vermelho

De acordo com o o site da UNAIDS, o mês de dezembro marca a mobilização nacional sobre prevenção ao HIV, AIDS e outras IST. Batizado de Dezembro Vermelho, a ação tem o intuito de chamar atenção para as medidas de prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas vivendo com HIV. A escolha do mês foi em função do Dia Mundial contra a AIDS, celebrado no mundo inteiro em 1º de Dezembro.

Segundo os dados do Boletim Epidemiológico 2016 do Ministério da Saúde, o Brasil tem uma das maiores coberturas de tratamento antirretroviral (TARV) entre os países de baixa e média renda, com mais da metade (64%) das pessoas vivendo com HIV recebendo TARV.

“O Ministério da Saúde, o UNAIDS e diversas organizações que trabalham com o tema do HIV, já dedicam, tradicionalmente, um grande esforço na realização de eventos, encontros, debates e campanhas ao redor do 1º  de dezembro”, ressalta Georgiana Braga-Orillard, Diretora do UNAIDS no Brasil. “Mas a aprovação do Dezembro Vermelho é um passo importante para que as atividades sejam feitas no Brasil todo, por várias instituições e também para que possamos ir além de uma data única e fazer com que esse debate siga vivo na sociedade por mais tempo.”

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui